13º salário do INSS antecipado? Entenda a mudança efetiva do calendário

Os aposentados e pensionistas que estavam habituados a receber de forma antecipada o 13º salário do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), agora estão preocupados. Tudo porque, a primeira parcela que poderia ser paga em maio, já não está mais nos planos do governo para liberação.

13º salário do INSS antecipado? Entenda a mudança efetiva do calendário
13º salário do INSS antecipado? Entenda a mudança efetiva do calendário (Imagem: FDR)

O Ministério da Previdência Social informou ao portal Valor que não há interesse em antecipar o 13º salário do INSS. Diante disso, os aposentados e pensionistas que estavam habituados a receber o seu abono no primeiro semestre do ano terão que se reorganizar. Os valores serão creditados no segundo semestre.

Calendário do 13º salário do INSS

O calendário do 13º salário do INSS volta a ser o mesmo do período que antecedeu a pandemia. Por lei, os valores devem ser creditados em duas parcelas, sendo que a primeira é paga em agosto e a segunda em novembro.

No primeiro depósito é pago 50% do valor do benefício, enquanto a segunda parcela equivale aos outros 50% com desconto do Imposto de Renda para quem é contribuinte.

1ª parcela – depósito em agosto

Até 1 salário mínimo
Número final do benefício Data de liberação
1 26/08
2 27/08
3 28/08
4 29/08
5 30/08
6 02/09
7 03/09
8 04/09
9 05/09
0 06/09
Acima de 1 salário mínimo
Número final do benefício Data de liberação
1 e 6 02/09
2 e 7 03/09
3 e 8 04/09
4 e 9 05/09
5 e 0 06/09

2ª parcela – depósito em novembro

Até 1 salário mínimo
Número final do benefício Data de liberação
1 25/11
2 26/11
3 27/11
4 28/11
5 29/11
6 02/12
7 03/12
8 04/12
9 05/12
0 06/12
Acima de 1 salário mínimo
Número final do benefício Data de liberação
1 e 6 02/12
2 e 7 03/12
3 e 8 04/12
4 e 9 05/12
5 e 0 06/12

Antecipação do 13º salário do INSS

A antecipação do 13º salário do INSS está disponível de forma privada. Quer dizer, os interessados podem pedir o adiantamento do benefício em instituições bancárias. Funciona como um empréstimo, o banco libera as parcelas que o aposentado tem direito, mas reduz a quantia com cobrança de juros.

Na data em que o INSS depositar o benefício o banco recebe a quantia no lugar do cidadão como forma de pagamento pela antecipação. As regras indicam que:

  • A antecipação deve acontecer no banco em que o salário mensal é pago;
  • O banco somente autoriza a antecipação se for aposentado ou pensionista;
  • Os juros mudam dependendo de cada banco;
  • O pedido pode ser feito no aplicativo ou caixa eletrônico, vale conferir o limite disponível.

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: [email protected]