Carteira de Identidade Nacional: São Paulo amplia postos de emissão do documento

Prazo para a emissão da Carteira de Identidade Nacional em todo o país já foi encerrado. Documento antigo não precisa ser trocado pelo novo imediatamente. Mas, a CIN traz alguns recursos de segurança que o tradicional RG não possui.

Carteira de Identidade Nacional: São Paulo amplia postos de emissão do documento (Imagem: FDR)
Carteira de Identidade Nacional: São Paulo amplia postos de emissão do documento (Imagem: FDR)

A Carteira de Identidade Nacional, também chamada de CIN, é o novo documento oficial do país. Como o próprio nome já diz ele servirá para identificar os cidadãos brasileiros e naturalizados. O padrão nacional tem o objetivo de substituir o antigo RG.

A CIN possui QR Code, que possibilita a verificação de veracidade. Além disso, o documento adota o número do CPF, extinguindo o número do CPF.

Nesse primeiro momento de emissão da CIN, o RG continuará a ser expedido normalmente e tem validade até 28 de fevereiro de 2032. A partir dessa data todos os cidadãos terão que fazer a emissão do novo documento.

No estado de São Paulo novos postos de emissão do documento foram criados, trazendo mais agilidade para a população.

Novos postos de emissão da Carteira de Identidade Nacional em São Paulo

  • Postos do Poupatempo:
    • Cidade Ademar;
    • São Bernardo do Campo;
    • Osasco;
    • Franco da Rocha;
    • Santos.
  • Demacro de Juquitiba;
  • Deinter 2 de Serra Negra;
  • Deinter 2 de Lindoia.

Como emitir a Carteira de Identidade Nacional em São Paulo?

  • O atendimento acontece com agendamento feito pelo aplicativo celulares Poupatempo SP.GOV.BR (disponídel para: Android ou iOS).
  • No sistema é possível escolher entre os postos que já fazem a emissão.
  • No dia agendado é necessário comparecer com a certidão de nascimento ou de casamento.
  • A solicitação só pode ser feita por quem tem conta GOV.BR no nível Prata ou Ouro; for maior de 16 anos, estiver em situação regular na Receita Federal.
  • A primeira via da Carteira de Identidade Nacional é gratuita.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.