Bolsa família divulga nova regra que garante BENEFÍCIOS EXCLUSIVOS para idosos

Liberado mensalmente pelo Governo Federal, o programa do Bolsa Família realiza o pagamento mínimo de R$ 600 para os beneficiários cadastrados na iniciativa. Para idosos, esse valor pode ser somado a outro importante benefício.

Bolsa família divulga nova regra que garante BENEFÍCIOS EXCLUSIVOS para idosos
Bolsa família divulga nova regra que garante BENEFÍCIOS EXCLUSIVOS para idosos. (Imagem: FDR)

Se trata do Benefício de Prestação Continuada (BPC). Por meio dele, os cidadãos brasileiros que tem mais de 65 anos e vivem em situação de vulnerabilidade social recebem o pagamento mensal de até um salário mínimo.

Saiba como o pagamento do BPC pode ser realizado em conjunto com o Bolsa Família:

  • O principal critério de inclusão para ambos os programas é o de renda;
  • Para ter direito aos benefícios, a família deverá renda mensal por pessoa de até R$ 353;
  • Até 2023 esse valor era de R$ 218;
  • No entanto, com a atualização do salário mínimo, ele foi modificado;
  • No caso do BPC também é exigido que o cidadão solicitante tenha mais de 65 anos;
  • Para ambos os programas existe ainda a necessidade de estar inscrito no CadÚnico;
  • Esse processo deve ser realizado de forma presencial em uma unidade do CRAS;
  • No local, após ser inserido no cadastro, o idoso será orientado sobre como abrir a solicitação do BPC para o INSS;
  • Já com relação ao Bolsa Família o pedido acontece no próprio CRAS;
  • A inserção é realizada de forma automática pelo Governo Federal;
  • Caso seja incluído, o idoso receberá um comunicado em sua casa;
  • Com relação ao BPC, o aviso será dado pelo INSS;
  • É possível acumular ambos os benefícios desde que sua concessão não faça o idoso ultrapassar o limite de renda;
  • Atualmente, o BPC tem o valor de R$ 1.412 para todos seus beneficiários;
  • Já o Bolsa Família manteve seu valor mínimo de R$ 600 neste ano de 2024.

Confira outras informações sobre a liberação do BPC para idosos neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.