Voa Brasil tem data para começar e anima aposentados e estudantes

O governo federal cravou a data de início do programa Voa Brasil. Este é o primeiro projeto do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) visando baratear as passagens aéreas no país. Por meio dele, aposentados e estudantes de baixa renda serão beneficiados com voos nacionais por R$ 200.

Voa Brasil tem data para começar e anima aposentados e estudantes
Voa Brasil tem data para começar e anima aposentados e estudantes (Imagem: FDR)

O Voa Brasil é um programa administrado pelo Ministério dos Portos e Aeroportos. Desde o ano passado a Pasta já havia anunciado a possibilidade de criação de um projeto como esse. A ideia é permitir que o público que nunca viajou de avião, ou viajou poucas vezes, possa usar esse meio de transporte.

Quando começa o programa Voa Brasil?

Segundo o ministro Silvio Costa Filho, titular do Ministério de Portos e Aeroportos, o governo já tem a data de lançamento do Voa Brasil. Há poucas semanas atrás Silvio concedeu uma entrevista falando sobre o projeto, mas informou que todos os detalhes serão dados pelo presidente Lula. 

Mais uma vez o ministro respeitou essa hierarquia. E, ainda que tenha anunciado a data de início oficial do programa, também falou que a apresentação será feita pelo presidente da República.

  • Início do Voa Brasil: 5 de fevereiro de 2024;
  • Cerimônia de lançamento marcada para acontecer no Palácio do Planalto.

Como vai funcionar o Voa Brasil?

De acordo com as informações que já foram divulgadas, o Voa Brasil funcionará como um método de baratear as passagens aéreas em trechos nacionais. Para isso, o governo vai contar com a parceira de companhias que atuam no país, como a Gol, Latam e Azul. 

Os principais pontos já apresentados mostram que:

  • Aposentados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), e estudantes do ProUni (Programa Universidade para Todos) serão os primeiros beneficiados;
  • Cada um dos beneficiados poderá comprar por ano até duas passagens aéreas por R$ 200;
  • Os valores poderão ser parcelados em até 12x na Caixa ou Banco do Brasil;
  • As passagens deverão ser adquiridas em um portal específico, o aplicativo ainda será lançado.

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: [email protected]