Passagens aéreas por menos de R$ 799? Companhias anunciam plano para redução de valores; entenda

Três principais companhias se uniram para oferecer milhares de passagens aéreas mais baratas.  Descontos serão praticados em voos domésticos apenas. Valor é questionado pela Anac; entenda o porquê.

Passagens aéreas por menos de R$ 799? Companhias anunciam plano para redução de valores; entenda
Passagens aéreas por menos de R$ 799? Companhias anunciam plano para redução de valores; entenda (Imagem: FDR)

Um projeto anunciado na última segunda-feira, 18, vai oferecer passagens aéreas mais baratas no Brasil. A iniciativa foi anunciada pelos presidentes das três principais companhias aéreas do país, a Latam, Gol e Azul. Além deles, o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho também participou do anúncio.

Vale lembrar que o Governo Federal também elabora um programa de passagens mais baratas, o Voa Brasil.

Passagens aéreas mais baratas

  • De acordo com as empresas, serão oferecerias 25 milhões de passagens com valores entre R$ 699 e R$ 799, dependendo da companhia aérea.
  • Na Azul serão 10 milhões de assentos ao longo de 2024, na companhia o preço médio praticado será de R$ 799 por trecho.
  • Para ter acesso a essa redução é necessário comprar as passagens com 14 dias de antecedência do embarque.
  • Na Gol serão 15 milhões de passagens com valores até R$ 699.
  • Nesse caso, os descontos estarão disponíveis para quem comprar a passagem com, pelo menos, 21 dias de antecedência.
  • Já a Latam, não informou o teto de desconto, mas, reafirmou o compromisso de continuar oferecendo passagens de até R$ 199.
  • Além disso, o CEO da Latam, Jerome Cardier, relembrou outros compromissos da empresa: aumentar as campanhas publicitárias que ensinam a conseguir passagens mais baratas; acabar com o prazo de expiração dos pontos promocionais.
  • Além de aumentar o número de assentos oferecidos por dia para 10 mil.

Passagens acima da média

  • De acordo com a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), os valores anunciados pelas empresas estão próximos ao valor médio já praticado no país.
  • A Agência apurou que em setembro desse ano o preço médio dos voos domésticos era de R$ R$ 747,66.
  • Ao longo do ano a tarifa média, segundo a Anac, foi de R$ 644,50, valor abaixo do anunciado pelas companhias.
  • Segundo as empresas aéreas, o aumento no valor das passagens é resultado do preço do querosene de aviação; aumento dos juros e aa judicialização.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.