INSS libera consulta ao extrato de pagamentos de janeiro; veja quanto vai receber

Desde a última terça-feira (23) é possível que aposentados e pensionistas consultem o extrato de pagamentos de janeiro. Mensalmente o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) libera aos segurados o comprovante de pagamento, onde há informações sobre o salário e os descontos programados.

INSS libera consulta ao extrato de pagamentos de janeiro; veja quanto vai receber
INSS libera consulta ao extrato de pagamentos de janeiro; veja quanto vai receber (Imagem/Montagem: FDR)

A grande ansiedade dos beneficiados do INSS na consulta do extrato desse mês é conferir o valor que será repassado. Isso porque, todos terão reajuste de salário, com exceção daqueles que começaram a receber o benefício em dezembro passado. A partir de amanhã (25) têm início os pagamentos. 

Como consultar o extrato de pagamentos do INSS?

Os aposentados, pensionistas e segurados em geral podem consultar o extrato de pagamentos do INSS de forma online. Também é possível gerar o documento na versão PDF para guardar ou imprimir. Ele funciona como um comprovante do salário recebido e pode ser apresentado pelo cidadão.

Além do valor, o extrato também indica quando o benefício será transferido para conta do aposentado. Em janeiro os pagamentos começam no dia 25, quinta-feira, e terminam apenas em 7 de fevereiro. Para consulta online basta:

  • Acesse o App Meu INSS e faça login;
  • No menu escolha “Extratos”, e selecione “Extrato de pagamentos”;
  • Agora escolha o mês de “Janeiro/2024”;
  • O documento será gerado e pode ser baixado em PDF.

Também é possível consultar na Central de Atendimento, número 135.

Reajuste no salário do INSS em janeiro

O grande destaque deste mês é o reajuste no salário do INSS para janeiro. Pela lei todos os pagamentos feitos pelo governo federal precisam receber acréscimo, a fim de que os segurados consigam acompanhar a evolução de preço dos produtos e serviços,

O reajuste vai depender do salário recebido no último ano, da seguinte forma:

  • Piso: aumento de R$ 92, passando para R$ 1.412;
  • Salários acima do piso: reajuste de 3,71% comparado ao ano anterior.

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: [email protected]