Remédios MAIS CAROS! Governo toma atitude que aumenta o valor dos remédios nestes estados

Após sofrerem com um reajuste acima da inflação no ano passado, os medicamentos deverão sofrer um novo aumento significativo neste ano. A previsão é de que a alta seja dividida em dois momentos do primeiro semestre deste ano, deixando os remédios mais caros.

Remédios MAIS CAROS! Governo toma atitude que aumenta o valor dos remédios nestes estados
Remédios MAIS CAROS! Governo toma atitude que aumenta o valor dos remédios nestes estados. (Imagem: FDR)

A previsão é de que todas as categorias de medicamentos sejam afetadas pelo reajuste. Dessa forma, o aumento deverá impactar significativamente as finanças de todos os cidadãos do país que realizam tratamentos regulares.

Saiba mais sobre os aumentos que deixarão os remédios mais caros:

  • A primeira alta acontecerá ainda neste mês de janeiro;
  • Ao longo do período, o ICMS está sendo aumentado em diferentes estados;
  • O imposto é cobrado pela circulação de bens e está incluso em todas as compras realizadas pelo cidadão;
  • A taxa varia de acordo com cada estado;
  • Como o imposto é cobrado diretamente na nota fiscal, o valor costuma ser repassado integralmente para o consumidor;
  • Por enquanto, o aumento do preço já foi registrado nos seguintes estados:
  • Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rondônia e Tocantins;
  • No entanto, a previsão é de que os aumentos aconteçam em todo o país;
  • Além do ICMS, outro fator também deverá encarecer os remédios neste primeiro semestre de 2024;
  • Em março, deverá ser realizado o reajuste anual dos itens;
  • O índice de aumento é definido pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed) e precisa ser aprovado pelo Governo Federal;
  • Até o momento, nenhuma proposta de reajuste foi apresentada;
  • Porém, a expectativa é de que a taxa seja, no mínimo, do percentual da inflação em 2023;
  • No último ano, o aumento geral dos preços no Brasil foi 4,62%.

Saiba outras informações sobre o reajuste dos preços dos impostos neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.