INSS revela qual será o desconto da contribuição no salário de 2024

O ano de 2024 trouxe mudanças nas contribuições para o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), obrigações de todos os trabalhadores com carteira de trabalho assinada no país. O desconto, realizado no salário dos contribuintes, é feito de forma automática. Saiba mais sobre o reajuste.

INSS revela qual será o desconto da contribuição no salário de 2024
INSS revela qual será o desconto da contribuição no salário de 2024. Imagem: FDR

As alíquotas, que variam de 7,5% a 14%, incidem sobre cada faixa de remuneração, como se fossem fatias do salário, e não sobre o valor cheio. Vale lembrar que as novas faixas de contribuição valem para trabalhadores com carteira assinada, domésticos e trabalhadores avulsos.

Os novos valores serão descontados a partir do pagamento de fevereiro. A mudança é aplicada desde a reforma da Previdência, válida desde novembro de 2019.

Diferente do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) que não tem desconto direto no salário do trabalhador, as contribuições para o INSS são uma redução real. Com a mudança do salário mínimo para 2024 os valores também serão atualizados.

Tabela de contribuições do INSS

SALÁRIO (R$) ALÍQUOTA PROGRESSIVA PARA FINS DE RECOLHIMENTO AO INSS
até 1.412,00 7,5%
de 1.412,01 até 2.666,68 9%
de 2.666,69 até 4.000,03 12 %
de 4.000,04 até 7.786,02 14%

Influência da tabela de contribuição ao INSS nos benefícios previdenciários

Com a recente atualização, a cota do salário-família para segurados com remuneração mensal de até R$ 1.819,26 agora é de R$ 62,04. Além disso, a renda limite para o auxílio-reclusão foi ajustada para R$ 1.819,26.

O auxílio-reclusão, no valor de R$ 1.412, é destinado aos dependentes do segurado de baixa renda recolhido à prisão em regime fechado. Isso se aplica caso o indivíduo não receba remuneração da empresa, não esteja em gozo de outros benefícios como:

  • Auxílio-doença;
  • Pensão por morte;
  • Salário-maternidade;
  • Aposentadoria;
  • Abono de permanência em serviço.

Vale observar que o novo valor do salário mínimo contempla a inflação acumulada nos últimos 12 meses até novembro. Ela atingiu 3,85%, somada a três pontos percentuais referentes ao crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2022.

Vittoria Fialho
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já esteve como repórter no Diario de Pernambuco e no Portal NE45 Minutos. Nos veículos, fez parte das editorias de redes sociais e esportes. Também acumula experiência na assessoria de imprensa do Clube Náutico Capibaribe. Suas redes sociais são: @vtfialho e [email protected].