Apostas de R$ 100 no Bolsa Família deixam o governo em ALERTA

Os cidadãos vinculados ao Bolsa Família estão sendo alvo de investigações envolvendo apostas. Este nicho de investimento é arriscado e vem provocando problemas entre as famílias de baixa renda no país. Desta forma, veja abaixo mais detalhes sobre esta situação que está sendo observada pelo poder público.

Apostas de R$ 100 no Bolsa Família deixam o governo em ALERTA (Imagem: FDR)

As apostas esportivas foram alvo de bastante atenção do governo federal desde o início de 2023. Porém, um ponto de atenção surgiu envolvendo os beneficiários do Bolsa Família. Este público vem consumindo as apostas de forma contínua e prejudicando a sua renda. Isto vem sendo tratado como um grave problema.

As famílias que fazem parte do Bolsa Família são aqueles que possuem uma baixa renda e precisam de suporte para manter as contas em dia. Entretanto, esta demanda vem investindo a renda obtida como o programa social em apostas esportivas. Veja abaixo mais informações sobre o porquê isto não deve ser feito.

Dinheiro do Bolsa Família vem sendo gasto com apostas esportivas

A notícia é que as apostas avaliadas em R$ 100,00, o que significa 1/6 do valor base do programa, estão assustando o governo federal. Este valor deveria ser destinado para a compra de alimentos, itens como roupas, contas de luz e água, como também o pagamento de aluguel e dívidas fundamentais.

Porém, estes investimentos de risco vem causando uma grande confusão entre os beneficiários do programa social. Após a aposta ser realizada, não há maneira de reaver o valor. Em caso de derrota, será um imenso prejuízo que poderia ser investido em outra área completamente mais segura.

É indicado que os beneficiários do Bolsa Família apostem?

De forma concreta, não. O risco não vale a pena, tendo em vista que é um dos investimentos menos seguros do mercado. Busque opções como a poupança, fundos imobiliários, tesouro direto e outras ferramentas de credibilidade que poderão ajudar à longo prazo.

Flávio Costa
Estudante de jornalismo, já atuou na área de assessoria política ao compor o time de comunicação da atual governadora do estado, durante sua campanha eleitoral. Anteriormente, cursou 2 anos no curso de relações internacionais, podendo ampliar sua visão no aspecto macro e micro do cenário nacional e internacional. Fluente em inglês, já atuou como professor de idiomas e também de matemática. Por fim, trabalhou ainda como analista de operações pelo grupo Amazon. Atualmente, dedica-se a universidade e ao portal FDR. Suas redes sociais são @flavioarcosta e flavioarcosta@gmail.com.
Sair da versão mobile