Confirmação de redução no valor da cesta básica leva os brasileiros a loucura

Recentemente, a confirmação no valor da cesta básica levou os brasileiros à loucura. A notícia pegou milhares de cidadãos de surpresa, tendo em vista que foi algo completamente inesperado. Então, veja abaixo qual será a redução aplicada ao valor da cesta básica no país.

Caiu no CRÉDITO ROTATIVO do cartão? Confira DICAS para sair do prejuízo
Confirmação de redução no valor da cesta básica leva os brasileiros a loucura (Imagem: FDR)

Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o valor da cesta básica foi reduzido em 15 capitais do país. A notícia pegou muitos de surpresa, mas revelou o crescimento da economia e também do poder de compra do povo brasileiro. Desta forma, a meta é continuar a redução.

A pesquisa foi realizada pelo Dieese e analisou os números durante todo o ano de 2023. Ou seja, a redução foi constatada após um levantamento anual no valor da cesta básica. A maior redução no valor cobrado pelo produto foi na cidade de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. O valor abaixou em 6,25%.

Confira outros locais que tiveram redução na cesta básica em 2023

Além do município citado, outras cidades do país também tiveram uma redução registrada no valor cobrado pela cesta básica. Com isto, as famílias que vivem em situação de vulnerabilidade econômica e social conseguiram alimentar seus parentes.

Veja abaixo mais detalhes sobre as taxas e quais foram as principais cidades que tiveram uma redução registrada no valor cobrado pela cesta básica:

  • Campo Grande (-6,25%);
  • Belo Horizonte (-5,75%);
  • Vitória (-5,48%);
  • Goiânia (-5,01%);
  • Natal (-4,84%);
  • Recife (-4,78%);
  • Brasília (-4,12%);
  • São Paulo (-3,83%)

Confira o que disse o Dieese em nota divulgada à imprensa

“A tendência, para o conjunto dos itens, foi de redução, movimento que, junto com a revalorização do salário mínimo e a ampliação da política de transferência de renda, trouxe alívio para as famílias brasileiras, que sofreram, nos últimos anos, com aumentos de preços dos alimentos, em geral, acima da média da inflação.”

Flávio Costa
Estudante de jornalismo, já atuou na área de assessoria política ao compor o time de comunicação da atual governadora do estado, durante sua campanha eleitoral. Anteriormente, cursou 2 anos no curso de relações internacionais, podendo ampliar sua visão no aspecto macro e micro do cenário nacional e internacional. Fluente em inglês, já atuou como professor de idiomas e também de matemática. Por fim, trabalhou ainda como analista de operações pelo grupo Amazon. Atualmente, dedica-se a universidade e ao portal FDR. Suas redes sociais são @flavioarcosta e [email protected].