Santander leiloa mais de 180 imóveis e abre OPORTUNIDADE para a casa própria

O Banco Santander, em parceria estratégica com a Biasi Leilões, anunciou o primeiro leilão de imóveis do ano de 2024. A ação será realizada no dia 17 de janeiro, a partir das 15h. Ao todo, serão 182 propriedades ofertadas, incluindo imóveis residenciais e comerciais. Veja mais.

Santander leiloa mais de 180 imóveis e abre OPORTUNIDADE para a casa própria. Imagem: FDR
Santander leiloa mais de 180 imóveis e abre OPORTUNIDADE para a casa própria. Imagem: FDR

Os participantes terão acesso a uma diversificada seleção de imóveis localizados nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

O leilão será realizado de forma online, proporcionando conveniência para participantes de todo o Brasil. O comprador deve realizar um cadastro no site da Biasi Leilões antes de dar o lance pela plataforma.

“O primeiro leilão do ano do banco Santander em parceria com a Biasi Leilões é uma ótima oportunidade de iniciar 2024 fazendo um grande investimento à custo baixo, já que será possível comprar um imóvel por 50 a 60% abaixo do valor original de avaliação”, destaca Eduardo Consentino, leiloeiro oficial da Biasi Leilões.

Detalhes do leilão de imóveis do Santander

A propriedade com lance mínimo de menor valor é um terreno de 510 m² localizado em Sete Lagoas, Minas Gerais, leiloado a partir de R$ 35 mil. Já o imóvel de maior valor é uma casa de condomínio localizada na Fazenda Tamboré Residencial, em Barueri, São Paulo, com lance inicial de R$ 8,35 milhões.

Para participar, os interessados devem se cadastrar no site da Biasi Leilões antes de darem seus lances através da plataforma. O Banco Santander oferece diferentes formas de pagamento:

  • À vista com desconto;
  • Em um financiamento imobiliário que pode ser dividido em até 420 meses, com um sinal inicial de 20% do valor da propriedade.

Desse modo, o banco cobrirá os débitos do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) até a data do leilão, oferecendo ainda mais atrativos para os potenciais compradores.

Vittoria Fialho
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já esteve como repórter no Diario de Pernambuco e no Portal NE45 Minutos. Nos veículos, fez parte das editorias de redes sociais e esportes. Também acumula experiência na assessoria de imprensa do Clube Náutico Capibaribe. Suas redes sociais são: @vtfialho e [email protected].