Nubank libera PIX FIADO para clientes do banco; entenda novo formato de pagamento

O sistema de pagamentos instantâneo que virou um sucesso no país acaba de ganhar uma novidade, pelo menos para os clientes do Nubank. Agora eles poderão fazer o PIX fiado ou PIX Crédito. Nessa função não é necessário ter saldo em conta para realizar a transação.

Nubank libera PIX FIADO para clientes do banco; entenda novo formato de pagamento
dNubank libera PIX FIADO para clientes do banco; entenda novo formato de pagamento (Imagem FDR)

O PIX fiado é a grande novidade disponível para os clientes Nubank. Função pode ser usada naquele momento de aperto quando você precisa fazer um pagamento, mas, não tem saldo em conta. O Banco Central já analisava a liberação dessa função, saiba mais.

Mas, o Nu foi mais rápido e trouxe a novidade para seus clientes. Uma das grandes vantagens é a possibilidade de pagamento em uma única vez ou de forma parcelada.

PIX fiado Nubank

  • Nessa função o cliente utiliza o limite do cartão de crédito para fazer o PIX.
  • A transação é feita instantaneamente via chave Pix ou com o QR Code do Pix, como acontece no PIX tradicional.
  • O valor é pago apenas quando a fatura for fechada.
  • O pagamento pode ser feito em uma única parcela ou em até vezes.
  • Ao acessar o sistema e selecionar essa opção é possível simular a quantidade de parcelas e ver as taxas que serão cobradas.

Como usar o PIX no crédito Nubank?

  • Abra o aplicativo do Nubank em seu celular
  • Faça login com os dados da sua conta Nu.
  • Na tela inicial do app, acesse a “Área Pix” e clique em “Transferir”.
  • Insira o valor a ser transferido e a chave PIX que vai receber a transferência.
  • Confirme os dados.
  • Selecione a opção “Cartão de Crédito” como forma de pagamento.
  • Escolha a quantidade de parcelas.
  • Revise os dados do destinatário.
  • Insira a senha de 4 dígitos do seu cartão de crédito e confirme a operação.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.