INSS libera saque de valores que deixaram de ser pagos no governo Bolsonaro

Precatórios de 2022. 2023 e 2024 começam a serem pagos pelo INSS. Segundo o Tesouro Nacional mais de R$ 27,2 bilhões serão pagos ao longo desse ano. Aposentados e pensionistas devem ficar de olho nos calendários de pagamento.

INSS libera saque de valores que deixaram de ser pagos no governo Bolsonaro
INSS libera saque de valores que deixaram de ser pagos no governo Bolsonaro (Imagem: FDR)

Após o STF atender ao pedido da União para regularização do estoque de dívidas, elas finalmente começam a serem quitadas. Os pagamentos são feitos pelo INSS a partir dos calendários de cada tribunal. Por isso os aposentados e pensionistas devem observar as informações relacionadas à sua localidade.

Os pagamentos são referentes à ações de concessão e revisão de benefícios.

INSS inicia pagamentos de precatórios

  • Os saques serão feitos no Banco do Brasil ou na Caixa Econômica, segundo a conta aberta pelo tribunal.
  • Lembrando que essas contas podem estar em nome do beneficiário ou do seu advogado.
  • Os dados de pagamento podem ser conferidos na consulta feita nos portais dos TRFs.
  • Para a consulta é necessário ter o número do processo judicial.
  • Caso o depósito esteja bloqueado, será necessário fazer a emissão do alvará judicial pelo juízo que gerou a ação.
  • O beneficiário deve entregar o documento na instituição financeira, que terá 96 horas para liberar o saque.

Confira abaixo as informações detalhadas de cada região:

TRF da 1ª Região

  • Distrito Federal; Bahia; Minas Gerais; Goiás; Tocantins; Mato Grosso; Piauí; Maranhão; Pará; Amapá; Acre; Rondônia; Roraima; Amapá.
  • Valor Geral: R$ 1.155.836.414,24
  • Previdenciárias/Assistenciais: R$ 1.001.568.581,86 (48.714 processos, com 57.664 beneficiários)

TRF da 2ª Região

  • Rio de Janeiro e Espírito Santo
  • Valor Geral: R$ 197.336.807,05
  • Previdenciárias/Assistenciais: R$ 161.293.836,00 (7.185 processos, com 9.968 beneficiários)

TRF da 3ª Região

  • São Paulo e Mato Grosso do Sul
  • Valor Geral: R$ 358.765.672,42
  • Previdenciárias/Assistenciais: R$ 280.507.613,85 (9.109 processos, com 11.760 beneficiários)

TRF da 4ª Região

  • Rio Grande do Sul; Santa Catarina; Paraná
  • Valor Geral: R$ 485.011.038,13
  • Previdenciárias/Assistenciais: R$ 417.985.673,18 (21.173 processos, com 28.007 beneficiários)

TRF da 5ª Região

  • Alagoas; Ceará; Paraíba; Pernambuco; Sergipe; Rio Grande do Norte
  • Valor Geral: R$ 369.620.918,92
  • Previdenciárias/Assistenciais: R$ 313.808.177,74 (15.503 processos, com 24.655 beneficiários)

 

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.