Gás de cozinha e diesel voltam a ter cobrança de impostos; entenda o que muda

Em 2021, a fim de controlar a alta de preços causada pela pandemia de Covid-19, o governo federal isentou o diesel, biodiesel e gás de cozinha do imposto PIS/Cofins. Em setembro do ano passado o imposto voltou a ser cobrado, mas de forma parcial. Em 1º de janeiro de 2024 houveram alterações nesta tributação. 

Gás de cozinha e diesel voltam a ter cobrança de impostos; entenda o que muda
Gás de cozinha e diesel voltam a ter cobrança de impostos; entenda o que muda (Imagem: FDR)

O governo federal marcou para 1º de janeiro de 2024 o retorno da cobrança integral do PIS/Cofins sobre o diesel, biodiesel e gás de cozinha. O imposto que é federal estava sendo parcialmente aplicado à esses produtos desde setembro. Agora, porém, a alíquota volta ser integral afetando o preço para o consumidor.

O que muda no valor do gás de cozinha e do diesel?

Quando a tributação de um determinado produto fica maior, automaticamente ele sobe no mercado. Além dos custos que envolvem o lucro da empresa, ainda é preciso considerar todos os impostos aplicados, resultando no valor final. Justamente o que vai acontecer com o diesel e o gás de cozinha.

Gás de cozinha

  • Acelen, empresa que administra a Refinaria Mataripe, anunciou um reajuste entre 8,23% e 9,95% do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) para as distribuidoras a partir de 1º de janeiro;
  •  A partir disso a estimativa é que o botijão fique até R$ 8 mais caro, segundo o Sindicato dos Revendedores de Gás do Estado (SINREVGÁS);
  • De acordo com a empresa, o aumento anunciado tem haver com o custo do petróleo, que é adquirido a preços internacionais; a cotação do dólar e o frete;
  • O valor do gás de cozinha não é tabelado, por isso, em cada local pode ser feita uma cobrança diferente.

Diesel

  • O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, garantiu que a reoneração (volta da cobrança de impostos) não vai aumentar o valor do diesel;
  • De acordo com o ministro a redução de preços anunciada pela Petrobras vai reduzir os impactos para o produto;
  • “Esta reoneração do diesel vai ser feita, mas o impacto [esperado] é de pouco mais de R$ 0,30”, disse o ministro.

Valor dos impostos no diesel e gás

De acordo com a Carta Capital, com a reoneração serão cobrados os seguintes valores de impostos sobre o diesel, biodiesel e o gás de cozinha.

  • diesel A: aproximadamente R$ 0,35 por litro;
  • biodiesel: aproximadamente R$ 0,15 por litro;
  • diesel B (mistura do diesel A e biodiesel): aproximadamente R$ 0,33 por litro;
  • gás de cozinha: aproximadamente R$ 2,18 por botijão de 13 Kg.

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: [email protected]