Revisão da vida toda do INSS que AUMENTA aposentadorias foi prorrogada; entenda

A revisão da vida toda do INSS é um recurso que poderá aumentar o valor das aposentadorias pegas pela Previdência Social. O julgamento do tema já é muito aguardado, mas, deve demorar mais um pouco. Além dele, outros temas relacionados ao INSS também estão em discussão.

Revisão da vida toda do INSS que AUMENTA aposentadorias foi prorrogada; entenda
Revisão da vida toda do INSS que AUMENTA aposentadorias foi prorrogada; entenda (Imagem: FDR)

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar a revisão da vida toda do INSS, mas, isso não vai acontecer nesse ano. A corte deve discutir alguns outros temas relacionados ao Instituto Nacional do Seguro Social.

Todos esses temas são extremamente importantes para os aposentados e pensionistas que recebem mensalmente da Previdência Social através do INSS.

Revisão da vida toda do INSS

  • O adiamento do julgamento acontece por causa do recesso de final de ano do STF, iniciado nesta quarta-feira, 20.
  • Como o recesso vai até o final de janeiro o tema só teve voltar ao debate após o mês de fevereiro, quando o STF retoma os trabalhos.
  • Essa retomada vai acontecer já com a participação do ministro da Justiça, Flávio Dino, como parte da corte.
  • O texto sobre a revisão da vida toda já está pronto, por isso existe a expectativa de que seja logo analisado após a volta do recesso.
  • Na revisão da vida toda o segurado teria o direito de incluir no cálculo da aposentadoria os salários mais antigos.
  • Nesse cálculo poderiam ser incluídos os salários anteriores a 1994, quando o plano Real foi iniciado, o que até então não é possível.
  • Com esse procedimento o valor da aposentadoria poderia ser aumentado.

Possíveis mudanças no INSS

Além da revisão da vida toda, o STF também deve julgar outras possíveis mudanças na Previdência, são elas:

  • Mudança na aposentadoria especial trazidas pela Reforma da Previdência de 2019;
  • Exclusão dos menores sob guarda na pensão por morte;
  • Reconhecimento da aposentadoria para os vigilantes;
  • Alta programada para os segurados em uso do auxílio por incapacidade temporária (antigo auxílio-doença).

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.