Bolsa Família está chegando AO FIM; entenda o que aconteceu

Retomado pelo Governo Federal neste ano, o programa Bolsa Família realiza mensalmente o pagamento do valor mínimo de R$ 600 para famílias brasileiras que vivem em situação de vulnerabilidade social ou econômica. Neste ano, o calendário de depósitos está prestes a ser encerrado.

Bolsa família está chegando AO FIM; entenda o que aconteceu
Bolsa família está chegando AO FIM; entenda o que aconteceu. (Imagem: FDR)

No total, cerca de 21 milhões de famílias em todo o país são atendidas pelo programa. Para tal, elas precisam obedecer o critério de renda. A legislação estabelece que o benefício social seja pago para as famílias que tem renda mensal percapita de, no máximo, R$ 218.

Além disso, também é preciso que a família esteja inscrita no CadÚnico. É por meio do cadastro unificado que o Governo Federal decide quais famílias serão atendidasNeste ano, o calendário será encerrado no dia 22.

Consulte o calendário do Bolsa Família de dezembro:

  • NIS final 1: depósito em 11 de dezembro (antecipado para o dia 9);
  • NIS final 2: depósito em 12 de dezembro;
  • NIS final 3: depósito em 13 de dezembro;
  • NIS final 4: depósito em 14 de dezembro;
  • NIS final 5: depósito em 15 de dezembro;
  • NIS final 6: depósito em 18 de dezembro (antecipado para o dia 16);
  • NIS final 7: depósito em 19 de dezembro;
  • NIS final 8: depósito em 20 de dezembro;
  • NIS final 9: depósito em 21 de dezembro;
  • NIS final 0: depósito em 22 de dezembro.

Em 2024, o pagamento do Bolsa Família será mantido pelo Governo Lula. Além do benefício principal, outros extras continuarão sendo pagos para as famílias atendidas. Os depósitos são realizados por meio da conta da poupança social do Caixa Tem e seguem a ordem do Número de Identificação Social (NIS).

Confira os pagamentos extras do Bolsa Família em 2024:

  • Benefício Variável Familiar Nutriz: Aumenta em R$ 50 o pagamento por cada membro da família com até seis meses de idade;
  • Benefício de Renda de Cidadania: Paga um adicional de R$ 142 por pessoa da família;
  • Benefício Complementar: Garante que o valor mínimo do Bolsa Família seja de R$ 600;
  • Benefício Primeira Infância: Adiciona R$ 150 por criança de até sete anos que faça parte da família.

Consulte mais informações sobre os pagamentos do Bolsa Família neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.