INSS começa a depositar o benefício na conta dos aposentados; veja calendário

De acordo com as informações do INSS, 37 milhões de aposentados e pensionistas receberam benefícios do Instituto nesse ano. A última rodada de pagamentos de 2023 será iniciada nessa semana; confira as datas.

INSS começa a depositar o benefício na conta dos aposentados; veja calendário
INSS começa a depositar o benefício na conta dos aposentados; veja calendário (Imagem: FDR)

O instituto Nacional do Seguro Social vai iniciar os pagamentos de dezembro para mais de 37 milhões de brasileiros. Os pagos do INSS continuam a serem feitos a partir do número final do cartão do benefício e continua a ser feito de acordo com o valor recebido.

Com isso, quem recebe um salário-mínimo poderá sacar o benefício primeiro, só depois que todos eles recebem que o saque será liberado para quem recebe acima desse valor.

As datas de pagamento incluem as aposentadorias; pensões; auxílio-doença; salário maternidade; BPC, entre outros benefícios da Previdência Social.

Datas do pagamento de dezembro do INSS

Vale lembrar que o número final do cartão desconsidera o dígito após o traço (-). Assim, se o seu cartão tiver o número 987654321-3, a data de pagamento corresponderá ao número 1.

Confira abaixo as datas em que o INSS vai depositar os benefícios de dezembro:

Um salário mínimo

NOVAS REGRAS PARA SE APOSENTAR PELO INSS SÃO ANUNCIADAS: VEJA A IDADE MÍNIMA E TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO

Acima de um salário mínimo:

A consulta ao valor pode ser feita pelo Meu INSS; a consulta também pode ser feita pela Central de Atendimento do Instituto, pelo número 135, basta informar o CPF do beneficiário.

Lembrando que nesse mês o INSS não realiza o pagamento do 13º salário, pois, os depósitos foram adiantados em junho desse ano.

O calendário completo de pagamento de 2024 já foi divulgado pelo Instituto; clique aqui para conferir.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.
Sair da versão mobile