Motoristas da Uber são denunciados por cobranças EXTRAS; entenda o caso

A onda de calor no Brasil tem atingido muitos estados, até mesmo aqueles que não são tão quentes apresentaram altas temperaturas nos últimos dias. Diante disso, um motorista da Uber criou um tipo de cobrança para os seus passageiros que chamou muita atenção. Mas, que repercutiu negativamente também.

Motoristas da Uber são denunciados por cobranças EXTRAS; entenda o caso
Motoristas da Uber são denunciados por cobranças EXTRAS; entenda o caso (Imagem: FDR)

Na última terça-feira (12) a advogada Karina Bruno se surpreendeu ao chamar um carro por aplicativo e encontrar um comunicado do motorista colado no banco. Na mensagem, o profissional dizia que aquele modelo de veículo era da categoria Uber X e por isso não tinha o compromisso de ligar o ar-condicionado. 

Motorista da Uber cobra por uso do ar condicionado

De acordo com o relato da passageira que foi compartilhado pelo G1, Exame e outros portais de notícia, o motorista da Uber estabelecia um valor mínimo a ser pago pelo uso do ar-condicionado. A mensagem dizia que:

“Conforme orientação da empresa, o carro (UberX) não dá direito ao uso do ar-condicionado, sendo assim, caso o passageiro queira utilizar o ar, peço uma ajuda de 0,50 centavos por kilometro rodado (sic). Valor mínimo de 5,00 reais. Valor este que pode ser pago em dinheiro, cartão e pix”.

Também estava presente no comunicado a chave PIX do motorista. Na ocasião, Karina relatou se sentiu pressionada a fazer o pagamento, ou a nem cogitar a solicitação para que o ar fosse ligado, continuando a viagem com as janelas abertas.

Motorista pode cobrar pelo uso do ar-condicionado?

Diante da repercussão do caso, a empresa Uber se pronunciou. A companhia enviou uma nota ao g1 esclarecendo dois pontos importantes sobre o que aconteceu:

  • não é recomendado que nenhum passageiro faça o pagamento de valores extras aos motoristas, além do que já foi pago pela plataforma. Pois isso viola o Código da empresa e o motorista pode ser suspenso;
  • a empresa não proíbe ou obriga o uso do ar-condicionado dependendo da categoria do carro. Ou seja, não é porque está na categoria X (carro menos confortável), que o automóvel está proibido de ligar o ar. No entanto, o motorista também não é obrigado a usá-lo.

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: [email protected]