Vale-Gás NÃO foi concedido para todos os inscritos; consulte quem recebe

O número de famílias beneficiadas pelo vale-gás tem caído a cada mês. O programa que foi criado durante o governo de Jair Bolsonaro (PL), não recebeu tantos investimentos para elevar o total de contemplados. Pelo menos 100 mil famílias que receberam em outubro foram cortadas em dezembro.

Vale-Gás NÃO foi concedido para todos os inscritos; consulte quem recebe
Vale-Gás NÃO foi concedido para todos os inscritos; consulte quem recebe (Imagem: FDR)

Para se ter uma ideia da queda no total de contemplados pelo vale-gás, em fevereiro eram 5,95 milhões de famílias beneficiadas. O número ainda acompanha o total do ano anterior. Em outubro deste ano foram 5,5 milhões de famílias recebendo. E em dezembro caiu para 5,4 milhões. 

O Ministério do Desenvolvimento Social justifica os cortes informando que haviam fraudes nos pagamentos. Quer dizer, que pessoas que não tinham direito ao benefício estavam recebendo.

Como receber o Vale-gás?

Assim como no Bolsa Família, não existe um canal direto de inscrição para o vale-gás. O que os interessados devem fazer é se inscrever no Cadastro Único e manter seus dados atualizados. Será a partir dessas informações que o governo fará a seleção de novos beneficiados.

A ideia é que consigam receber a ajuda equivalente a 100% da média nacional de preço do gás de cozinha de 13 kg, quem:

  • Está no Cadastro Único;
  • Tem renda familiar de no máximo meio salário mínimo por pessoa da família.

Como consultar se vai receber o vale-gás

Para saber se está na lista de 100 mil famílias cortadas do vale-gás, o cidadão pode fazer a consulta online. O pagamento do auxílio é feito em meses alternados, por isso o próximo acontecerá em fevereiro, e quem não recebeu terá um nova chance. 

  • App Bolsa Família – ao informar o número do CPF o aplicativo mostra os benefícios em seu nome;
  • App Caixa Tem – na opção consultar saldo;
  • App Meu CadÚnico;
  • Ligando para Caixa, número 111;
  • Ligando para Ministério do Desenvolvimento Social, número 121.

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: [email protected]