Últimas semanas! Indenização do Auxílio Brasil no valor de R$ 15 mil está próxima do fim

Aguardada por milhares de cidadãos brasileiros, a indenização do Auxílio Brasil beneficiará aqueles que tiveram suas informações referentes ao programa vazadas. O pagamento de R$ 15 mil foi definido pela Justiça e deverá ser realizado em breve.

Últimas semanas! Indenização do Auxílio Brasil no valor de R$ 15 mil está próxima do fim
Últimas semanas! Indenização do Auxílio Brasil no valor de R$ 15 mil está próxima do fim. (Imagem: FDR)

A determinação judicial estabeleceu que todos os afetados pela divulgação ilegal das informações pessoais sejam contemplados pela indenização, que será de responsabilidade da Caixa Econômica Federal.

De acordo com o Instituto Sigilo, órgão responsável por mover a ação, os dados teriam sido utilizados para promover a oferta de empréstimos. O vazamento é negado pela Caixa, que deverá recorrer da decisão do pagamento de indenização.

Como o processo só foi julgado em primeira instância, os cidadãos deverão aguardar até que não caibam mais recursos para saber se receberão o pagamento.

Confira as informações do Auxílio Brasil que podem ter sido vazadas:

Como saber se tenho direito a indenização do Auxílio Brasil?

  • A consulta deve ser realizada diretamente no site do Instituto Sigilo, que pode ser acessado neste link;
  • Ao entrar na plataforma, é preciso clicar na opção ”Conferir se eu tenho direito”, disponível no botão laranja do lado direito da tela;
  • Em seguida, será preciso informar alguns dados para saber se terá direito a indenização;
  • São eles: nome completo, endereço de e-mail, número de CPF e celular;
  • Após colocar as informações no campo solicitado, o cidadão deverá clicar na opção prosseguir e aguardar que a plataforma realize a checagem;
  • Caso tenha direito a indenização, o site informará que seus dados foram vazados.

Confira mais detalhes sobre o pagamento da indenização do Auxílio Brasil neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.