Titulares do BPC se FRUSTRAM com o valor a ser recebido no fim deste mês

Os titulares do BPC estão frustrados após a divulgação do valor que será pago em dezembro deste ano. De acordo com o governo federal, um dos benefícios esperados pelos cidadãos que fazem parte do programa não serão atendidos. Veja mais detalhes sobre isto abaixo.

Como saber QUANTO contribuir para o INSS e o período máximo? Consulte agora
Titulares do BPC se FRUSTRAM com o valor a ser recebido no fim deste mês (Imagem: FDR)

Em dezembro, os beneficiários do BPC estão bastante inconformados com a notícia confirmada pelo governo federal. O pagamento do 13º salário não será realizado aos auxiliados pelo programa. É importante mencionar que as leis do projeto não afirmam que o benefício financeiro deve ocorrer anualmente.

Ou seja, o governo não é obrigado à realizar o pagamento do 13º salário para os cidadãos vinculados ao Benefício de Prestação Continuada (BPC). Porém, muitos brasileiros ligados ao programa esperavam que o governo conseguisse arcar com os gastos envolvendo esta bonificação anual. Veja mais detalhes abaixo.

Quando o BPC será pago aos cidadãos?

Este mês, o pagamento do BPC não teve alterações e segue com o regime previsto pelo INSS. É essencial reforçar que, apesar de ser pago pelo INSS, os cidadãos interessados precisam ter um registro no Cadastro Único para que consigam ter acesso aos valores nos dias previamente estabelecidos.

Veja abaixo qual será o calendário de pagamentos para quem vai receber o BPC do INSS em dezembro de 2023 e janeiro de 2024:

  • Final 1: 21 de dezembro;
  • Final 2: 22 de dezembro;
  • Final 3: 26 de dezembro;
  • Final 4: 27 de dezembro;
  • Final 5: 28 de dezembro;
  • Final 6: 02 de janeiro;
  • Final 7: 03 de janeiro;
  • Final 8: 04 de janeiro;
  • Final 9: 05 de janeiro;
  • Final 0: 08 de janeiro.

Quais são os requisitos para receber o auxílio?

Para ter acesso ao Benefício de Prestação Continuada (BPC), o cidadão precisa ser um idoso de pelo menos 65 anos, não possuir uma renda superior à 1/4 do salário mínimo e não conseguir exercer a sua profissão devido à problemas de saúde. Para mais informações sobre como obter a sua aprovação, clique aqui. 

Flávio Costa
Estudante de jornalismo, já atuou na área de assessoria política ao compor o time de comunicação da atual governadora do estado, durante sua campanha eleitoral. Anteriormente, cursou 2 anos no curso de relações internacionais, podendo ampliar sua visão no aspecto macro e micro do cenário nacional e internacional. Fluente em inglês, já atuou como professor de idiomas e também de matemática. Por fim, trabalhou ainda como analista de operações pelo grupo Amazon. Atualmente, dedica-se a universidade e ao portal FDR. Suas redes sociais são @flavioarcosta e [email protected].