Tarifa ZERO no transporte público? Entenda o que vai acontecer e quando essa regra começa

Um anúncio recente realizado pelo prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, animou os moradores da capital paulista. De acordo com o governante, a expectativa é que a população do município possa contar com a tarifa zero no transporte público em breve. 

Tarifa ZERO no transporte público? Entenda o que vai acontecer e quando essa regra começa
Tarifa ZERO no transporte público? Entenda o que vai acontecer e quando essa regra começa. (Imagem: FDR)

De acordo com o prefeito, a proposta é que a tarifa seja zerada em períodos específicos. Dessa forma, quem circular utilizando o transporte público na capital paulista durante os domingos ou no período da noite poderá ganhar a isenção do pagamento da tarifa de transporte público.

Veja o que se sabe até agora sobre a tarifa zero:

  • O objetivo da medida será fomentar o uso do transporte público pela população;
  • A expectativa é que a mudança possa ser implementada a partir de 2024;
  • Apesar de já existir uma proposta, ainda não há definição dos períodos em que a tarifa zero estará em vigor;
  • O projeto deverá ter seus detalhes analisados durante a próxima semana;
  • Aos poucos, o impacto na rotina da cidade deverá ser avaliado;
  • Caso a mudança tenha seu potencial de estimular a economia e a mobilidade urbana comprovado, ela poderá ser ampliada;
  • Ou seja, existe a possibilidade de que a tarifa zero seja expandida para outros dias e horários da semana;
  • Para viabilizar a mudança, o orçamento da cidade deverá ser impactado em cerca de R$ 500 milhões;
  • No entanto, mudança poderá ajudar a movimentar a economia, trazendo um retorno direto para a capital paulista;
  • Vale lembrar que parte dos custos do transporte público em São Paulo já é subsidiado pela gestão municipal;
  • Em 2022, do total de R$ 10 bilhões, metade foi paga pelos usuários, enquanto a gestão municipal ficou responsável pelos R$ 5 bilhões restantes.

Confira mais detalhes sobre outros benefícios sociais neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.