MEI ganha benefício de aposentadoria maior e se tempo de contribuição menor; entenda

Que a aposentadoria do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é um direito do Microempreendedor Individual (MEI) muitos já sabem. Basta cumprir as contribuições mensais para ter acesso. O que alguns desconhecem é a possibilidade de ser MEI ganhando uma aposentadoria maior. Entenda.

MEI ganha benefício de aposentadoria maior e se tempo de contribuição menor; entenda
MEI ganha benefício de aposentadoria maior e se tempo de contribuição menor; entenda. Imagem: FDR

Atualmente, o MEI 2024 já é uma realidade para aproximadamente 14 milhões de brasileiros em diversas atividades. O crescimento expressivo dessa categoria se deve à facilidade no registro, à redução de impostos e aos benefícios oferecidos.

Aumento do teto de faturamento do MEI

  • No entendimento do ministro devem ser adotados vários limites para o microempreendedor individual e para o Simples;
  • Para ele o ideal seria adotar o formato de rampa, no modelo usado no Imposto de Renda atualmente;
  • Atualmente o limite do faturamento do MEI é de R$ 81 mil anuais;
  • Já a contribuição mensal varia de R$ 67 a R$ 72;
  • A intenção é fazer uma contribuição ao INSS maior também, possibilitando que os microempreendedores se aposentem recebendo mais do que um salário-mínimo;
  • A justificativa para essa mudança seria a Reforma da Previdência, caso ela seja feita alguns benefícios deixarão de existir. Para saber quais s benefícios previdenciários do MEI, clique aqui.

Empréstimo para microempreendedores

O ministro do Empreendedorismo também defendeu, durante a conversa com jornalistas, a criação de um fundo garantidor de crédito. Que seria usado para a oferta de empréstimo aos empreendedores.

  • A ideia é estimular que os empreendedores que estão na informalidade se formalizem;
  • Bancos públicos e privados farão parte desse fundo garantidor;
  • O vice-presidente Geraldo Alckmin já havia falado sobre essa possibilidade;
  • Para ele o crédito com juros pode não ser a melhor opção para alguns empreendedores;
  • Assim, a criação de um fundo seria uma alternativa que atenderia a um maior número de profissionais;
  • Tanto Alckmin quanto França também um programa voltado à renegociação de dívidas das pessoas jurídicas, no padrão Desenrola Brasil.

Vittoria Fialho
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já esteve como repórter no Diario de Pernambuco e no Portal NE45 Minutos. Nos veículos, fez parte das editorias de redes sociais e esportes. Também acumula experiência na assessoria de imprensa do Clube Náutico Capibaribe. Suas redes sociais são: @vtfialho e [email protected].