AUTORIZADA conta de energia GRATUITA nos próximos meses; veja quem pode se beneficiar

Presente em 23 municípios do estado de São Paulo, a Enel vai isentar do pagamento da conta de energia por três meses os clientes cadastrados no programa Tarifa Social. A medida acoberta aqueles que ficaram sem energia por 48 horas ou mais nos dias que se seguiram ao temporal do dia 3 de novembro.

AUTORIZADA conta de energia GRATUITA nos próximos meses; veja quem pode se beneficiar
AUTORIZADA conta de energia GRATUITA nos próximos meses; veja quem pode se beneficiar. Imagem: FDR

O programa Tarifa Social foi implementado através da Lei nº 10.438 e consiste em uma tarifa que oferece descontos e isenção na conta de energia. A iniciativa é financiada pela Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) e pelo Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia Elétrica (Proinfa).

Como funciona o desconto na conta de luz?

Segundo dados da Aneel, mais de 24 milhões de brasileiros foram beneficiados pelo Tarifa Social em 2022. Vale ressaltar que os descontos do programa são cumulativos na categoria de tarifa residencial. Veja limites:

  • 65% de desconto para consumo mensal entre 0 e 30 kWh;
  • 40% de desconto para consumo mensal entre 31 e 100 kWh;
  • 10% de desconto para consumo mensal entre 101 e 220 kWh;
  • Acima de 221 kWh não há descontos oferecidos.
  • A Tarifa Social de Energia Elétrica é uma importante iniciativa do governo federal. Ela auxilia famílias de baixa renda a terem acesso a um serviço essencial, como a energia elétrica, sem comprometer ainda mais o orçamento doméstico.

Quem pode solicitar o desconto na conta de luz?

  • Ser cliente residencial de baixa renda;
  • Estar inscrito no CadÚnico;
  • Ter uma renda familiar mensal per capita inferior a meio salário mínimo;
  • Para famílias que possuem pessoas com deficiência que necessitam do uso contínuo de aparelhos elétricos, a renda mensal deve ser de até três salários mínimos;
  • Esses critérios são fundamentais para garantir que a Tarifa Social seja direcionada às famílias de baixa renda que realmente necessitam desse benefício, oferecendo-lhes um suporte adequado para o acesso à energia elétrica.

Vittoria Fialho
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já esteve como repórter no Diario de Pernambuco e no Portal NE45 Minutos. Nos veículos, fez parte das editorias de redes sociais e esportes. Também acumula experiência na assessoria de imprensa do Clube Náutico Capibaribe. Suas redes sociais são: @vtfialho e [email protected].