Bolsa Família está envolvido em novo pronunciamento do governo

Relançado neste ano, o programa Bolsa Família oferece auxílio financeiro para as famílias brasileiras que vivem em situação de vulnerabilidade social ou econômica. No entanto, uma série de fraudes no programa acenderam o alerta no Governo Federal.

Bolsa Família está envolvido em novo pronunciamento do governo
Bolsa Família está envolvido em novo pronunciamento do governo. (Imagem: FDR)

Para evitar novas fraudes, alguns mecanismos estão sendo criados pelo Governo Federal em parceria com a Polícia Federal e a Controladoria-Geral da União.

Entenda as mudanças no Bolsa Família:

  • A partir de agora, as informações fornecidas pelos usuários por meio do CadÚnico passarão por nova etapa de checagem;
  • O procedimento envolverá um cruzamento de dados com prefeituras e ministérios;
  • O objetivo é evitar a inserção de informações erradas no programa;
  • Os dados do CadÚnico também serão cruzados com informações da carteira de trabalho, cadastro de servidores e carteira de motorista, por exemplo;
  • Dessa forma, o Governo Federal busca evitar a inclusão de pessoas que estão fora dos critérios nos programas sociais;
  • Atualmente, o maior critério para o pagamento do Bolsa Família é a renda familiar;
  • O valor mensal percapita dos beneficiários não deve ultrapassar o total de R$ 218;
  • De acordo com o ministro do Desenvolvimento Social, o maior rigor na fiscalização ajudará a direcionar os recursos do programa corretamente;
  • Atualmente, o Bolsa Família realiza o pagamento mínimo de R$ 600 por mês para as famílias inscritas no programa;
  • A renda ainda pode ser complementada por benefícios extras que também integram o Bolsa Família;
  • Anualmente, os gastos do Governo Federal com o pagamento chegam ao total de R$ 300 bilhões;
  • Cerca de 20 milhões de famílias brasileiras são atendidas;
  • Recentemente, outras medidas já haviam sido tomadas pelo Governo Lula para evitar fraudes;
  • Entre elas, a principal foi a restrição do pagamento para famílias compostas por apenas uma pessoa;
  • Agora, os municípios possuem um limite de concessão desse tipo de benefício;
  • O total de possíveis famílias beneficiadas passou a ser definido com a média do Censo;
  • Com isso, algumas fraudes no recebimento foram detectadas.

Confira mais detalhes sobre o programa de transferência de renda do Governo Federal neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.