Precisa QUITAR a dívida com o Fies? Aprenda como fazer isso sem sair de CASA!

Pontos-chave
  • Com o Fies é possível se formar e só pagar após a conclusão do curso
  • Renegociação de dívidas já está aberta
  • Usuários podem renegociar pela internet ou presencialmente

O Desenrola da Educação possibilita a renegociação de dívidas com o Fies com descontos e parcelamento. Usuários do programa que estão com os pagamentos em dia também podem aderir. Renegociação pode ser feita pela internet, veja como.

Precisa QUITAR a dívida com o Fies? Aprenda como fazer isso sem sair de CASA!
Precisa QUITAR a dívida com o Fies? Aprenda como fazer isso sem sair de CASA! (Imagem: FDR)

A renegociação de dívidas com o Fies continua oferecendo descontos atrativos. O chamado Desenrola da Educação está disponível até 2024. Para quem está inadimplente, quanto antes a renegociação for feita, mais rápido o nome será limpo.

O programa acontece em parceria entre o Governo Federal, a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil.

São Paulo é o estado com maior número de inadimplentes, 294.061 ao todo; logo atrás está Minas Gerais com 127.741; seguido da Bahia com 108.116.

Por outro lado, Roraima (4.262), Tocantins (5,215), Rondônia (8.658) e Acre (9.576) são os que menos têm usuários em situação de inadimplência.

Quem pode renegociar dívidas com o Fies no Desenrola da Educação?

O programa atende aos estudantes que firmaram seus contratos com o Fundo de Financiamento Estudantil até 2017. E que estavam em situação de inadimplência até 30 de junho de 2023.

Usuários adimplentes, ou seja, quem está em dia com os pagamentos, também pode usar o programa. Para eles as condições de pagamento são diferenciadas.

Descontos nas dívidas do Fies

Contratos vencidos há mãos de 90 dias em 30 de junho de 2023:

  • Desconto de 100% sobre encargos (juros e multas pelo atraso no pagamento);
  • Mais 12% sobre o valor financiado pendente, para pagamento à vista; ou
  • Parcelamento em até 150 parcelas mensais, com desconto de 100% dos encargos.

Contratos com mais de 360 dias de atraso em 30 de junho de 2023:

As condições abaixo estão disponíveis apenas para os inscritos no CadÚnico ou que tenham sido beneficiários do Auxílio Emergencial 2021:

  • Desconto de 92% sobre o valor total da dívida para pagamento total do saldo devedor em até 15 prestações mensais e sucessivas.

Contratos vencidos há mais de 360 dias em 30 de junho de 2023:

As condições abaixo são exclusivas para quem está cadastrado no CadÚnico ou que tenham sido beneficiários do Auxílio Emergencial 2021. Além disso, o atraso no pagamento da última parcela prevista no contrato deve ser superior há 5 anos:

  • Desconto de 99% sobre o valor total da dívida, para pagamento total do saldo devedor em até 15 prestações mensais e sucessivas.

Contratos vencidos há mais de 360 dias em 30 de junho de 2023:

As condições abaixo são para as pessoas que não se encaixam nas hipóteses 2 e 3 acima:

  • Desconto de 77% sobre o valor total da dívida para pagamento total do saldo devedor em até 15 prestações mensais e sucessivas.

 Para contratos com o pagamento em dia (adimplentes) na data da renegociação:

  • Desconto de 12% sobre o valor total da dívida, para pagamento à vista do saldo devedor.
Precisa QUITAR a dívida com o Fies? Aprenda como fazer isso sem sair de CASA! (Imagem: FDR)
Precisa QUITAR a dívida com o Fies? Aprenda como fazer isso sem sair de CASA! (Imagem: FDR)

Renegociar as dívidas do Fies sem sair de casa

Os usuários devem procurar o canal de atendimento do banco responsável pelo seu contrato; confira abaixo:

Caixa Econômica Federal 

  • Renegocie pelo site oficial da Caixa
  • Acesse o aplicativo do banco no seu celular.
  • Entre em contato pelo WhatsApp no número 0800 104 0 104.
  • Central de Atendimento pelos números: 4004 0 104 (para capitais e regiões metropolitanas) ou pelo 0800 104 0 104 (para as demais regiões do país).

Banco do Brasil 

  • Acesse o aplicativo do BB no seu celular.
  • Entre em contato pelo WhatsApp no número 61 4004 0001.
  • Central de Atendimento BB pelo número 0800 729 0001.

Quem desejar pode ainda fazer a renegociação presencial nas agências do banco resposável pelo contrato.

“As agências já estão preparadas para receber as mais de 1,2 milhão de pessoas que, agora, poderão renegociar seus débitos com condições facilitadas”, afirmou o ministro da Educação, Camilo Santana.

Para falar com o Ministério da Educação (MEC) ou com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), responsáveis pelo programa, entre em contato pelos seguintes canais: 

  • Fale conosco pelo portal.
  • Central de Atendimento pelo telefone 0800 616161.

As dívidas do Fundo de Financiamento Estudnatil podem ser renegociadas até 31 de maio de 2024.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.