É FALSO! Aplicativo de verificação de valores a receber está aplicando golpes; saiba a maneira correta

Um alerta divulgado pelo Banco do Brasil nesta semana chamou a atenção de diversos cidadãos em todo o país. De acordo com a instituição financeira, um aplicativo falso para a verificação de valores a receber está aplicando golpes em toda a população financeira.

É FALSO! Aplicativo de verificação de valores a receber está aplicando golpes; saiba a maneira correta
É FALSO! Aplicativo de verificação de valores a receber está aplicando golpes; saiba a maneira correta. (Imagem: FDR)

A plataforma vem sendo divulgada por meio de anúncios realizados no Facebook. Ao clicar no site falso, o cidadão é induzido a inserir seus dados pessoais, que são utilizados pelos fraudadores para a aplicação de golpes.

Confira as orientações sobre o sistema de valores a receber:

  • Consulta deve ser realizada apenas na página oficial do Banco do Brasil, que está disponível neste link;
  • Por meio dele, é possível verificar a existência dos valores esquecidos e quanto está disponível para SAC;
  • Esse processo não exige nenhum pagamento pelos cidadãos;
  • Caso encontre links ou aplicativos que realizam a cobrança, o cidadão deverá desconfiar de golpe;
  • Outro alerta do Banco do Brasil é com relação a e-mails sobre o tema;
  • A instituição financeira afirmou que não envia esse tipo de comunicado por e-mail;
  • Caso já tenha sido vítima de um golpe, a orientação é que ele registre um boletim de ocorrência;
  • Além disso, também é possível buscar a instituição financeira ou o cartão de crédito para solicitar o estorno dos valores;
  • Outra opção é denunciar a desenvolvedora do aplicativo no Procon;
  • De acordo com o Banco do Brasil, a plataforma falsa já foi retirada do ar;
  • No entanto, como outros golpes podem ser criados, é essencial que o cidadão se previna de novos fraudes;
  • A busca por sites oficiais é um dos principais cuidados;
  • Além disso, em casos de serviços públicos, é importante lembrar que taxas não costumam ser cobradas;
  • Ao desconfiar, é preciso entrar em contato com os canais oficiais de atendimento das instituições.

Confira mais informações sobre o sistema de valores a receber neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.