Multa de 40% do FGTS pode ter seu valor consultado online; saiba como

Instituído pelo Governo Federal, o FGTS é uma garantia para o trabalhador formal brasileiro. Por meio do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, o empregado tem uma renda assegurada em casos de demissão sem justa causa ou aposentadoria.

Multa de 40% do FGTS pode ter seu valor consultado online; saiba como
Multa de 40% do FGTS pode ter seu valor consultado online; saiba como. (Imagem FDR)

Ao ser desligado formalmente do emprego, o trabalhador tem o direito de receber uma multa rescisória que corresponde a 40% do saldo da conta do FGTS. Esse valor varia de acordo com o tempo trabalhado e as contribuições realizadas neste período.

O FDR disponibiliza uma calculadora para o trabalhador que deseja saber quanto irá receber.

Calcule aqui o valor da multa do FGTS:

Vale lembrar que o depósito na conta do FGTS é efetuado pelo empregador em até dez dias após o comunicado de desligamento.

Como o Fundo de Garantia é administrado pela Caixa Econômica Federal, os valores podem ser sacados por meio do banco. Para tal, o trabalhador deverá comparecer até uma agência bancária e solicitar a retirada.

No entanto, também é possível realizar a solicitação e a movimentação dos valores online. Para abrir o pedido pela internet, o trabalhador deve acessar o aplicativo FGTS, que está disponível para download neste link.

Em seguida, ele deverá realizar o login na plataforma. Na página inicial serão apresentados os valores disponíveis para retirada. Neste momento, o trabalhador precisará informar para qual conta bancária deseja que o dinheiro seja transferido. Vale lembrar que a conta destino deverá ter a mesma titularidade que a conta do FGTS.

Após realizar esse procedimento, a legislação brasileira prevê que o valor solicitado seja disponibilizado na conta escolhida em até cinco dias úteis. Depois desse prazo, ele poderá ser movimentado livremente pelo trabalhador.

Saiba mais sobre o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.