MEI pode receber os valores do Bolsa Família? Entenda a novidade

O benefício do Bolsa Família atende mensalmente milhares de brasileiros em todo o país. Com o pagamento de, no mínimo, R$ 600, o programa auxilia a complementar a renda de famílias que vivem em vulnerabilidade socioeconômica. Essa lista de possíveis beneficiários também inclui o MEI.

MEI pode receber os valores do Bolsa Família? Entenda a novidade
MEI pode receber os valores do Bolsa Família? Entenda a novidade. (Imagem: FDR)

Para fazer parte do programa é preciso se enquadrar nos critérios de renda definido pelo Governo Federal. Por isso, é possível que o MEI seja contemplado pelo benefício. Desde que tenha seu faturamento limitado e esteja dentro das regras estabelecidas, o microempreendedor individual tem direito a receber o Bolsa Família.

Confira os critérios para que o MEI receba o Bolsa Família:

  • Renda – O Bolsa Família atende grupos familiares que possuem renda per capita (por pessoa) de, no máximo, R$ 218 por mês. Por exemplo, para que uma família com rendimento total de um salário mínimo tenha direito ao benefício, ela precisa ser composta por seis pessoas.
  • Cadastro – Todos os futuros beneficiários do Bolsa Família precisam estar dentro do CadÚnico. Por meio do cadastro unificado, o Governo Federal identifica quais os possíveis beneficiários dos programas sociais.

Caso se enquadre nas exigências, o MEI deverá procurar uma unidade do CRAS mais próxima de sua residência e solicitar a inclusão no Bolsa Família. Durante o atendimento, será preciso levar o CPF de todos os membros do grupo familiar e um documento de identificação com foto do responsável.

Além disso, o microempreendedor individual também deverá responder um questionário socioeconômico. Após essas etapas, ele precisará aguardar para ser incluído no programa de transferência de renda.

Mensalmente, o Governo Federal adiciona novas famílias ao grupo de beneficiários. Caso seja aprovado, o MEI receberá um comunicado em sua casa informando da inclusão no programa social.

Confira as novidades para os microempreendedores individuais neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.