INSS explica quem tem direito ao benefício por incapacidade temporária

Pedidos do benefício por incapacidade temporária podem ser feitos pela internet. Benefício pode ser solicitado através do portal ou aplicativo do INSS. Novo tem acelerado a aprovação dos pedidos. Veja quem pode ter direito a ele.

INSS explica quem tem direito ao benefício por incapacidade temporária
INSS explica quem tem direito ao benefício por incapacidade temporária. (Imagem: FDR)

O INSS oferece diversos direitos/benefícios para os trabalhadores brasileiros; o benefício por incapacidade temporária é um deles. Em geral, todos podem ser solicitados pela internet, mas, os procedimentos são diferentes.

Quem pode pedir o benefício por incapacidade temporária

O antigo auxílio-doença é voltado a:

  • Todos os trabalhadores com carteira assinada
  • Profissionais que contribuem com o INSS de forma avulsa, para saber mais, clique aqui

Vale lembrar que o benefício é voltado ao profissional que está impossibilitado de realizar suas atividades por mais de 15 dias.

Atualmente, 54,9 milhões de pessoas em todo o país contribuem para o Regime Geral de Previdência Social (RGPS), segundo dados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Como pedir o auxílio-doença

O auxílio doença pode ser solicitado através da internet, basta seguir os passos abaixo

  • Entre no Site do Meu INSS ou no aplicativo;
  • Clique em “Pedir Benefíciopor Incapacidade”;
  • Clique no serviço desejado;
  • Será necessário o número do CPF;
  • Além disso, o segurado vai precisar anexar os documentos que comprovem a necessidade de afastamento do trabalho

Para acelerar a concessão do Benefício por Incapacidade Temporária, o INSS adotou o Atestmed. O sistema possibilita a perícia médica documental, ou seja, sem a necessidade de comparecimento em uma agência.

No entanto, para ajudar ainda mais a população esse serviço pode ser solicitado nas agências de todo o país. O sistema não possibilita o pedido de perícia documental para quem teve acidente de trabalho.

Vale lembrar que em alguns casos o segurado pode precisar comparecer até uma agência para uma perícia presencial.

Para conhecer melhor o Atestmed e saber como usá-lo, acesse o link.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.