Bolsa Família libera parcela de R$ 950 nesta quinta-feira (26); veja quem recebe

Nesta quinta-feira, 26, o Bolsa Família chega a um novo grupo, liberando uma parcela de R$ 950. O público contemplado são os beneficiários cujo Número de Identificação Social (NIS) termina em 7. Essas pessoas podem realizar o saque em espécie ou fazer a movimentação digital dos valores pelo Caixa Tem. 

Bolsa Família libera parcela de R$ 950 nesta quinta-feira (26); veja quem recebe
Bolsa Família libera parcela de R$ 950 nesta quinta-feira (26); veja quem recebe. (Imagem: FDR)

O calendário do Bolsa Família de outubro teve início na última quarta-feira, 18, e seguirá por estes últimos dez dias úteis do mês, como de costume. Os valores são liberados gradativamente seguindo a ordem do dígito final do NIS

Desta forma, até o momento, o benefício já foi pago ao NIS final 1, 2, 3 , 4, 5 e 6. Até o final desta semana, a parcela de R$ 950 será depositada para os beneficiários cujo NIS termina em 7 e 8. 

O calendário de outubro será finalizado no dia 31, com o NIS final 0. Alguns beneficiários ainda têm a chance de receber os bônus de R$ 150 para até duas crianças de zero a seis anos e/ou de R$ 50 para jovens de sete a 18 anos, gestantes e lactantes. 

Quais são as regras do Bolsa Família?

As famílias devem cumprir compromissos nas áreas de saúde e de educação. São elas:

BOLSA FAMÍLIA DE OUTUBRO SERÁ PAGO NESSES DIAS: CALENDÁRIO COMPLETO DE PAGAMENTOS

Qual é o valor do Bolsa Família?

Esses valores são cumulativos. E o governo terá que corrigi-los, no máximo, em dois anos. Os pagamentos do novo Bolsa Família começaram em março com valor médio de R$ 670.

Calendário do Bolsa Família de outubro

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.
Sair da versão mobile