Receita Federal alerta empreendedores sobre golpe com uso do PIX

Criminosos estão usando aplicativo de mensagens para alcançar suas vítimas. Os empreendedores são o alvo do golpe. Alerta foi emitido pela Receita Federal para evitar que mais pessoas sejam vítimas. Entenda o que está acontecendo!

Receita Federal alerta empreendedores sobre golpe com uso do PIX
Receita Federal alerta empreendedores sobre golpe com uso do PIX (Imagem: FDR)

Todos os meses o microempreendedor individual tem a obrigação de fazer o pagamento da DAS. O Documento de Arrecadação do Simples Nacional reúne os tributos que os empreendedores devem pagar. É justamente disso que os criminosos estão se aproveitando para aplicar o golpe do PIX.

Nessa prática os golpistas oferecem “descontos” para os empreendedores que fizerem o pagamento via PIX. Isso porque o dinheiro cai na conta do criminoso instantaneamente; e a devolução do dinheiro é mais difícil após o golpe ser identificado.

Golpe do PIX contra empreendedores

A Receita Federal usou sua página oficial para alertar os empreendedores sobre essa prática, confira o que o órgão disse:

  • A Receita não envia boletos DAS via e-mail ou WhatsApp;
  • Também não condiciona a concessão de isenções/reduções de multa/juros ao pagamento por PIX;
  • A emissão do boleto ou o pagamento virtual deve ser feito exclusivamente Portal do Simples Nacionalou no Portal e-CAC;
  • Para acessar os sistemas é necessário ter código de acesso ou certificado digital ou ainda conta gov.br nível prata ou ouro.

Aprenda a aumentar o nível da sua conta gov.br para prata ou ouro, clicando aqui.

Principais golpes contra empreendedores

A falsa cobrança do boleto DAS não é a única estratégia dos criminosos para atrair empreendedores; os golpes também usam outras armadilhas, como:

  • Falso site
  • Falsa cobrança
  • Falsa fiscalização
  • Falso empréstimo

Vale lembrar que alguns desses golpes são aplicados aos empreendedores em geral, não apenas aos da categoria MEI; por isso há necessidade de que todos conheça essas práticas. Para saber como se proteger contra esses golpes, acesse nossa matéria sobre o tema.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.