Pix vai substituir cartão de crédito após pronunciamento do Banco Central; entenda como

Uma mudança envolvendo o uso do pix está a caminho. De acordo com o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, o meio de pagamento pode ser ainda melhor empregado. Mas, qual será o processo a ser implementado? Entenda a seguir.

Pix vai substituir cartão de crédito após pronunciamento do Banco Central; entenda como
Pix vai substituir cartão de crédito após pronunciamento do Banco Central. Imagem: FDR

Ainda segundo o chefe da autoridade monetária, é questão de tempo para que o pix vai tome o lugar dos cartões de crédito. No formato atual, o meio de pagamento funciona de forma instantânea. O BC, contudo, já tem planos para ampliar as funções.

Embora ainda não tenha previsão para o lançamento do “pix crédito”, se projeta que a nova função dispensaria bandeiras. Logo, viabilizaria a redução de custos e taxas de juros.

O que é o PIX?

Um sistema de pagamentos instantâneos que opera em tempo real, com a promessa de que as transferências sejam concluídas em até 10 segundos.

Vale destacar que o sistema está disponível 24 horas por dia, sete dias por semana, até mesmo em finais de semana e feriados. Ou seja, o cliente pode ter acesso quando quiser.

Na prática, para realizar transações financeiras através deste sistema, é preciso cadastrar o que o BC chama de “chave PIX”. A entidade pré-determinou o uso de alguns dados, como:

  • E-mail;
  • Celular;
  • CPF;
  • Chave aleatória.

É importante explicar que, no caso específico da chave aleatória, ela pode ter prazos de validade distintos. Os pagamentos também ocorrem mediante a leitura do QR Code.

Uma das explicações para a alta adesão ao pix consiste é a extrema facilidade de cobrança e pagamento por produtos vendidos. O processo é rápido.

A agilidade nas transações financeiras, isenções de taxas e conveniência para pagamento via QR Code ou chave PIX também são vistas como aliadas do sistema.

Vittoria Fialho
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já esteve como repórter no Diario de Pernambuco e no Portal NE45 Minutos. Nos veículos, fez parte das editorias de redes sociais e esportes. Também acumula experiência na assessoria de imprensa do Clube Náutico Capibaribe. Suas redes sociais são: @vtfialho e [email protected].