Moradores do AM afetados pela seca recebem benefício do Governo até o fim desta semana

A gravidade da seca no estado do Amazonas levou alguns municípios do estado a decretarem estado de emergência. A medida possibilita o adiantamento do pagamento do benefício do Bolsa Família para os moradores nos locais afetados.

Moradores do AM afetados pela seca recebem benefício do Governo até o fim desta semana
Moradores do AM afetados pela seca recebem benefício do Governo até o fim desta semana. (Imagem: FDR)

Tradicionalmente, o calendário de pagamentos do benefício segue a ordem do Número de Identificação Social. No entanto, nas cidades onde o estado de emergência foi decretado, ele é realizado de uma só vez para todos os beneficiários.

No estado do Amazonas, 55 cidades estão incluídas nessa lista. Nos locais, a liberação dos recursos do Bolsa Família foi realizada na quarta-feira (18) para todos os beneficiários. Dessa forma, o saque já pode ser efetuado pelo responsável familiar.

As medida emergencial visa diminuir o impacto da seca na região. De acordo com especialistas, essa é a maior estiagem dos últimos 120 anos na região amazônica.

Confira os municípios onde o pagamento será realizado de forma antecipada:

  • Atalaia do Norte;
  • Benjamin Constant;
  • Amaturá;
  • São Paulo de Olivença;
  • Santo Antônio do Içá;
  • Tonantins;
  • Tabatinga;
  • Envira;
  • Itamarati;
  • Eirunepé;
  • Ipixuna;
  • Tefé;
  • Coari;
  • Jutaí;
  • Maraã;
  • Uarini;
  • Anamã;
  • Anori;
  • Caapiranga;
  • Careiro;
  • Careiro da Várzea;
  • Codajás;
  • Iranduba;
  • Manacapuru;
  • Manaquiri;
  • Manaus;
  • Novo Airão;
  • Boca do Acre;
  • Pauini;
  • Tapauá;
  • Beruri;
  • Humaitá;
  • Manicoré;
  • Novo Aripuanã;
  • Nova Olinda do Norte;
  • Borba;
  • Guajará;
  • Carauari;
  • Juruá;
  • Alvarães;
  • Fonte Boa;
  • Japurá;
  • Barreirinha;
  • Boa Vista do Ramos;
  • Nhamundá;
  • Urucará;
  • São Sebastião do Uatumã;
  • Parintins;
  • Maués;
  • Rio Preto da Eva;
  • Itacoatiara;
  • Silves;
  • Itapiranga;
  • Urucurituba;
  • Autazes.

Além do saque antecipado do Bolsa Família, o Governo Federal também anunciou outra medida para o Amazonas. Nas cidades em que o estado de calamidade pública foi decretado, o adiantamento de uma parcela do Benefício de Prestação Continuada (BPC) também foi autorizado.

Já os agricultores que registraram algum tipo de perda na produção poderão receber um empréstimo de R$ 4,6 mil por meio do Fomento Rural.

Confira mais detalhes sobre os benefícios do Governo Federal neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.