CANCELAMENTO do Bolsa Família é confirmado prejudicando 2,9 milhões de beneficiários

Desde o início do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) já foram cancelados 2,9 milhões de benefícios pagos pelo Bolsa Família. A equipe social do atual governo não escondeu que seria realizado um pente-fino nos cadastros. A justificativa é de que essas pessoas já não cumprem mais com os critérios.

CANCELAMENTO do Bolsa Família é confirmado prejudicando 2,9 milhões de beneficiários
CANCELAMENTO do Bolsa Família é confirmado prejudicando 2,9 milhões de beneficiários (Imagem: FDR)

De acordo com um levantamento feito de forma exclusiva pelo jornal Metrópoles, desde o início do governo Lula já foram canceladas 2,9 milhões de inscrições no Bolsa Família. O próprio Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) confirmou estes números por meio de um documento oficial.

Os cortes surgiram depois que o Auxílio Brasil, criado na gestão de Jair Bolsonaro (PL), substituiu o programa atual e passou a permitir a entrada mais frequente de novos grupos. Em dezembro de 2022, por exemplo, eram 21,6 milhões de famílias tendo acesso ao programa de transferência de renda.

Quem foi cortado do Bolsa Família?

A justificativa do MDS é de que o corte no total de beneficiados pelo Bolsa Família serve para adequar o pagamento do benefício a quem realmente precisa. Em março o atual governo confirmou que foram identificados 1,2 milhão perfis com renda mensal mais alta do que a estipulada para inscrição no programa.

Correm o risco de ter seu benefício social cancelado os grupos que:

  • Possuem renda familiar mensal acima do limite para inscrição (R$ 218 por pessoa da família);
  • Possuem renda familiar mensal acima do limite da regra de proteção que mantém o grupo com corte de 50% no seu pagamento (R$ 606 por pessoa);
  • Mentiram ou omitiram informações no Cadastro Único;
  • Crianças e adolescentes fora da escola, ou com faltas acima do indicado;
  • Gestantes que não estão realizando o pré-natal.

Como consultar se o Bolsa Família foi cancelado?

Para não ter uma surpresa ruim em outubro o titular pode consultar se o Bolsa Família deste mês vai cair na conta. Por meio dos canais:

  • Ligando 121 – Ministério do Desenvolvimento Social;
  • Ligando 111 – Caixa Econômica;
  • App Caixa Tem;
  • App Bolsa Família;
  • App Meu CadÚnico.

Quer saber como voltar a receber o Bolsa Família que foi cancelado? Clique neste link.

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: [email protected]