Passagens aéreas tem GRANDES MUDANÇAS no valor para crianças; Saiba as diferenças imediatas

O mercado de passagens aéreas está em choque após a definição de uma grande mudança. Agora, o valor cobrado para as passagens de crianças foi alterado e é fundamental que você saiba sobre as diferenças entre elas. Veja esta informação abaixo com mais detalhes.

Lei Larissa Manoela: Deputados entregam projetos e pais PRECISAM ficar atentos
Passagens aéreas tem GRANDES MUDANÇAS no valor para crianças; Saiba as diferenças imediatas (Imagem: FDR)

Agora, empresas como Gol e Azul não estão disponibilizando desconto em passagens aéreas para crianças entre 2 e 12 anos. Anteriormente, o desconto girava entre 25% e 20%. A mudança foi anunciada pelas empresas e já estão em vigor. Para crianças entre 0 e 2 anos incompletos, o desconto continua.

No caso de crianças até dois anos, ambas as empresas oferecem um desconto de 90% no valor dos bilhetes. Porém, é fundamental que o cidadão leve o seu filho(a) no colo durante a viagem. Isto porque a concessão de desconto se aplica para crianças que precisam permanecer sob observação dos responsáveis.

O fato do desconto não ser mais concedido deixou alguns consumidores chateados. Famílias que estavam planejando a sua viagem incluindo os filhos mais novos foram pegos de surpresa. Portanto, agora estes familiares terão um gasto superior ao que havia sido estipulado previamente com passagens aéreas.

Porém, com esta notícia, muitos brasileiros estão mais interessados em um novo programa que será feito pelo governo federal. A iniciativa tem o objetivo de fornecer passagens aéreas com um preço de R$ 200 para as famílias do país. Veja abaixo mais detalhes sobre o iniciativa chamada Programa Voa Brasil.

Passagens aéreas mais baratas com o Programa Voa Brasil

Com a ajuda do governo federal, 1,5 milhões de brasileiros por mês são esperados para conseguir um grande desconto na compra de passagens. Esta novidade será aplicada através de um app criado pelo governo. Para fazer parte do programa, os requisitos terão que ser respeitados pelos cidadãos interessados

Entre eles, é preciso não ter viajado nos últimos 12 meses e registrar o seu CPF na nova plataforma do governo federal. De acordo com a pasta de Portos e Aeroportos, as passagens serão concedidas em período de baixa. Normalmente, este período ocorre entre março e maio, como também entre agosto e novembro.

Flávio Costa
Estudante de jornalismo, já atuou na área de assessoria política ao compor o time de comunicação da atual governadora do estado, durante sua campanha eleitoral. Anteriormente, cursou 2 anos no curso de relações internacionais, podendo ampliar sua visão no aspecto macro e micro do cenário nacional e internacional. Fluente em inglês, já atuou como professor de idiomas e também de matemática. Por fim, trabalhou ainda como analista de operações pelo grupo Amazon. Atualmente, dedica-se a universidade e ao portal FDR. Suas redes sociais são @flavioarcosta e flavioarcosta@gmail.com.
Sair da versão mobile