Bolsa Família de setembro bloqueado! Como reverter corte do benefício?

Pontos-chave
  • O Bolsa Família é destinado a beneficiar famílias em situação de vulnerabilidade;
  • O benefício pode ser bloqueado ou cancelado se houver falta de atualização do cadastro ou descumprimento das regras de condicionalidade;
  • O governo estabelece um prazo médio de 90 dias para o desbloqueio do benefício após a regularização cadastral.

Atenção! O Bolsa Família de setembro está bloqueado! Milhares de famílias estão sendo pegas de surpresa enquanto aguardam pelos próximos depósitos. O calendário deste mês já foi anunciado pela Caixa Econômica Federal (CEF)

Bolsa Família de setembro bloqueado! Como reverter corte do benefício?
Bolsa Família de setembro bloqueado! Como reverter corte do benefício? (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

O Bolsa Família é um programa social destinado a beneficiar famílias em situação de vulnerabilidade. O beneficiário pode ter o benefício bloqueado ou cancelado se houver falta de atualização do cadastro ou descumprimento das regras de condicionalidade. Caso isso ocorra, há a possibilidade de reaver o auxílio.

Para tentar regularizar a situação e voltar a receber o recurso, o primeiro passo é comparecer ao centro de atendimento do Bolsa Família e do Cadastro Único (CadÚnico), onde o beneficiário se cadastrou. Lá, serão fornecidas orientações para resolver a questão, de acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).

Principais situações que levam ao cancelamento do Bolsa Família

O cancelamento do Bolsa Família é informado aos beneficiários por mensagem no extrato bancário, e também é possível consultar a situação do benefício pelo aplicativo do programa. Em julho, o número de famílias beneficiárias caiu para 20,9 milhões, cerca de 320 mil famílias a menos do que em junho.

O governo estabelece um prazo médio de 90 dias para o desbloqueio do benefício após a regularização cadastral, e as famílias que atenderem aos critérios voltam a receber o pagamento, incluindo o valor retroativo referente aos meses de bloqueio.

Como evitar o bloqueio do Bolsa Família?

Os dados cadastrais devem estar sempre em dia. O beneficiário pode ficar no máximo até 24 meses sem atualizar essas informações. Em caso de mudanças, é necessário informar o setor responsável pelo cadastramento no município nas seguintes situações:

Os beneficiários também precisam ficar atentos às regras de condicionamento do Bolsa Família. O programa exige uma série de cumprimentos nas áreas de saúde e educação. Veja quais são elas:

E AGORA? GOVERNO CONFIRMA SUSPENSÃO NOS PAGAMENTOS DO BOLSA FAMÍLIA DE SETEMBRO!

Quem tem direito ao Bolsa Família?

Tem direito toda família com renda mensal de até R$ 218 por pessoa. Isso significa que a renda somada de todos os integrantes da família dividida pelo número de pessoas deve ser menor que R$ 218.

Considere o exemplo de uma mãe que cria sozinha três filhos pequenos. Trabalhando como diarista, ela ganha R$ 800 por mês. Como os filhos não trabalham, esses R$ 800 são a única renda da família. 

Dividindo R$ 800 (renda total) por quatro (número de pessoas na família), o resultado é R$ 200. Como R$ 200 é menor que R$ 218, essa mãe e seus três filhos têm direito a receber o Bolsa Família.

Quais são as regras do Bolsa Família?

As famílias devem cumprir compromissos nas áreas de saúde e de educação. São elas:

Calendário do Bolsa Família de setembro

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.
Sair da versão mobile