GOLPE envolvendo o PIX faz brasileiros caírem em grande CILADA

Os brasileiros precisam ficar bastante atentos. Isto porque está acontecendo um golpe envolvendo o PIX e muitas pessoas estão caindo em uma cilada. Portanto, para evitar que este problema chegue até você, observe abaixo como vem sendo a abordagem dos criminosos e atente-se para não cair.

Entenda como funciona o estorno do pix pelo app do Nubank
GOLPE envolvendo o PIX faz brasileiros caírem em grande CILADA (Imagem: FDR)

O PIX tornou-se uma das formas mais práticas de conseguir fazer um pagamento. Porém, o Banco Central vem se esforçando para fazê-lo cada vez mais seguro. Principalmente para evitar problemas como os golpes que vem acontecendo. Um deles está pagando R$ 20 para enganar a possível vítima em questão.

Neste novo esquema, o aplicativo Telegram está sendo a plataforma utilizada pelos criminosos. Você recebe um link e nele conta sobre uma promoção que vai te presentear com R$ 20 em sua conta. Com isto, você é encaminhado para um app de conversa, onde seus dados do PIX serão solicitados.

Com isto, os criminosos iniciam o golpe. Eles vão convidar a possível vítima para fazer um investimento onde o cidadão paga R$ 100 e recebe R$ 130. A cada investimento feito, o valor aumenta um pouco. Até que chega um momento em que estes bandidos estão em posse de uma grande quantidade do seu dinheiro.

Até que chega um momento onde estes criminosos questionam se o cidadão não quer aprender como isto funciona e alega que este esquema é, na verdade, uma prática que pode ser vendida via curso. Quando o cidadão faz o pagamento, todo o seu investimento ficará nas mãos destes cidadãos que agem de má-fé.

Cuidados com o PIX

Para se movimentar o PIX, é fundamental que você confira todos os dados antes de encaminhar o valor desejado. Além disto, é importante que você avalie os perfis antes de acreditar em promessas muitos boas. Este golpe, por exemplo, inicia dando R$ 20 para os cidadãos. Ou seja, se for bom demais, estranhe.

Além disto, evitar realizar PIX para pessoas e empresas que você não conhece. Também procure manter as suas senhas e cadastros em locais seguros para driblar os invasores digitais. Não clique em links de sites que não possuem credibilidade ou até mesmo histórico positivo.

Flávio Costa
Estudante de jornalismo, já atuou na área de assessoria política ao compor o time de comunicação da atual governadora do estado, durante sua campanha eleitoral. Anteriormente, cursou 2 anos no curso de relações internacionais, podendo ampliar sua visão no aspecto macro e micro do cenário nacional e internacional. Fluente em inglês, já atuou como professor de idiomas e também de matemática. Por fim, trabalhou ainda como analista de operações pelo grupo Amazon. Atualmente, dedica-se a universidade e ao portal FDR. Suas redes sociais são @flavioarcosta e [email protected].