BPC tem regra inédita sobre empréstimos surpreendendo brasileiros

O BPC está buscando aplicar uma nova regra inédita sobre os empréstimos e vem surpreendendo os brasileiros com a sua decisão. Portanto, caso você seja beneficiário(a) do auxílio citado, é essencial acompanhar esta notícia até o final.

Governo realiza mudanças no BPC 2023. Como saber se tenho direito?
BPC tem regra inédita sobre empréstimos surpreendendo brasileiros (Imagem: FDR)

Para os cidadãos que estão buscando um empréstimo e fazem parte do BPC, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidirá nos próximos dias sobre a possibilidade de empréstimo consignado para os beneficiários do BPC. Caso aceito, 35% da sua remuneração mensal poderá ser utilizada neste âmbito.

O empréstimo consignado é utilizado por milhões de brasileiros. O intuito deste empréstimo é garantir renda ao cidadão. Além disto, a forma de pagamento deste empréstimo é feito diretamente da folha de pagamento do solicitante. Portanto, o teor de inadimplência nesta modalidade é extremamente baixa.

Para o INSS, por exemplo, milhões de brasileiros possuem uma parcela do seu salário abatido devido ao consignado. Esta é uma das vantagens de ter um benefício cedido pela Previdência Social e ter acesso à modalidade de empréstimo. Porém, os beneficiários do BPC ainda não tem acesso.

Consequentemente, muitos estão aguardando a votação que está sendo pautada no STF para saber o desfecho. Até o momento, a suspensão desta concessão segue ativa. Lembrando que a taxa de liberação do empréstimo consignado para membros do BPC é inferior quando comparamos com os aposentados.

INSS: BPC terá empréstimo consignado autorizado?

Após votação do STF, se o cenário for positivo, o cidadão terá 35% da renda possivelmente destinada ao empréstimo consignado. No caso dos aposentados do INSS, este valor é de 45%. Lembrando que o valor do Benefício de Prestação Continuada (BPC) é com base no piso salarial em vigor.

No momento, o salário mínimo é de R$ 1.320. Porém, no ano que vem, o governo tem a meta de ampliar o piso para R$ 1.421. Com isto, o valor do benefício também será ampliado. Não só ele como de outros auxílios que utilizam o valor nacional como base para realizar os seus pagamentos.

Flávio Costa
Estudante de jornalismo, já atuou na área de assessoria política ao compor o time de comunicação da atual governadora do estado, durante sua campanha eleitoral. Anteriormente, cursou 2 anos no curso de relações internacionais, podendo ampliar sua visão no aspecto macro e micro do cenário nacional e internacional. Fluente em inglês, já atuou como professor de idiomas e também de matemática. Por fim, trabalhou ainda como analista de operações pelo grupo Amazon. Atualmente, dedica-se a universidade e ao portal FDR. Suas redes sociais são @flavioarcosta e [email protected].