Passagens aéreas por R$ 200 são APROVADAS; veja como emitir seu bilhete

Pontos-chave
  • O programa Voa Brasil, tem como objetivo oferecer passagens aéreas no valor máximo de R$ 200;
  • O intuito é proporcionar opções acessíveis de viagem para aposentados e pensionistas;
  • Essa ocupação elevada permitirá a expansão dos voos e o fortalecimento dos aeroportos regionais.

O programa Voa Brasil, tem como objetivo oferecer passagens aéreas no valor máximo de R$ 200 para aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). A previsão é para que ele seja lançado ainda em agosto, de acordo com o ministro de Portos e Aeroportos, Márcio França.

PASSAGEM AÉREA POR R$ 200: PROGRAMA VOA BRASIL VAI BENEFICIAR APENAS ESSAS PESSOAS

Segundo França, o programa será testado no final de agosto, utilizando assentos ociosos em voos domésticos de companhias aéreas parceiras. O governo não fornecerá subsídios para o projeto, que gerenciará as passagens aéreas não utilizadas, especialmente em voos fora da alta temporada.

O objetivo é proporcionar opções acessíveis de viagem para aposentados e pensionistas, por meio do uso estratégico de assentos disponíveis, sem envolvimento direto do governo em termos de subsídios.

O ministro de Portos e Aeroportos, Márcio França, revelou que as principais companhias aéreas, Latam, Gol e Azul, já estão engajadas no Voa Brasil. Segundo o chefe da pasta, a expectativa é que haja uma grande procura pelas passagens aéreas, resultando em voos lotados. 

Essa ocupação elevada permitirá a expansão dos voos e o fortalecimento dos aeroportos regionais, trazendo mais opções de conexão para diferentes cidades do Brasil. O programa Voa Brasil visa tornar o transporte aéreo mais acessível e facilitar a mobilidade dos passageiros pelo país.

Principais dúvidas sobre as passagens aéreas por R$ 200

1) Qual será o público-alvo do programa Voa Brasil?

2)  Como os beneficiários terão acesso ao programa?

3) Quantas passagens devem ser oferecidas?

4) O valor total poderá ser parcelado?

5) O comprador poderá escolher qualquer destino para viajar?

6) A hospedagem está incluída?

7) Os aeroportos terão estrutura para atender?

8) Quais companhias aéreas já aderiram ao programa?

9) A partir de quando os interessados poderão viajar?

10) Há outros benefícios incluídos no programa?

Quem será beneficiado pelas passagens aéreas por R$ 200?

De acordo com o programa apresentado por Márcio França, serão beneficiados os servidores públicos nos três âmbitos do Governo, Municipal, Estadual e Federal. Entretanto, será necessário que apresentem salários de até R$ 6,8 mil

A comprovação da faixa de renda é direcionada a aposentados e pensionistas da Previdência Social, bem como estudantes do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC)

Em contrapartida, o chefe da pasta assegurou que a passagem aérea não ficará mais cara para os demais passageiros, tendo em vista que o custo de cada trecho é calculado com base no número de assentos por quilômetro voado. Desta forma, quanto mais assentos por quilômetro estiverem preenchidos, mais barato será o valor da passagem.

Como será a aquisição das passagens aéreas por R$ 200?

De acordo com o ministério, a intenção é vender esses bilhetes mais baratos fora da alta temporada, em dois períodos: de fevereiro a junho e de agosto a novembro, quando tradicionalmente ocorre uma ociosidade média de 21% nos voos domésticos. 

Os participantes poderão comprar até duas passagens por ano, com direito a um acompanhante em cada trecho. Os bilhetes deverão ser pagos em até 12 vezes com juros, no valor de até R$ 72 para cada prestação.

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.
Sair da versão mobile