NUBANK tem novidade que BOMBOU já na data de LANÇAMENTO

O Nubank é um dos mais importantes bancos digitais do país e está sempre em movimento para oferecer o melhor para seus clientes. Uma novidade do banco já chegou com força total e surpreendeu a todos.

NUBANK tem novidade que BOMBOU já na data de LANÇAMENTO
NUBANK tem novidade que BOMBOU já na data de LANÇAMENTO (Imagem FDR)

Estamos falando do novo BDR do Nubank. Em sua estreia da bolsa de valores B3, o ROXO34 fechou com alta de 5,41%.

Novo BDR do Nubank surpreende na bolsa

O Nubank alterou a categoria de seus BDRs (Brazilian Depositary Receipt), que agora possuem um novo código de negociação. Eles estão sendo negociados com o ticker ROXO34.

O valor de negociação determinado do novo BDR  foi o de fechamento de NUBR33 na última sexta, 11, de R$ 6,28. Já na segunda, 14, dia da estréia, os ativos subiram 5,41%, a R$ 6,62.

Banco deu prazo para investidores

O Nubank deu um prazo para os investidores decidirem o que desejavam fazer com os ativos. Foram dadas três opções:

  • Trocar seus BDRs por ações na Bolsa americana
  • Converter seus BDRs Nível III por BDRs Nível I Não Patrocinados
  • Receber o valor correspondente pela venda dos BDRs.

Aqueles que não se decidiram, receberam o valor correspondente pela venda do investimento, ou seja, opção 3.

O que muda entre as listagens 

Através de nota, o banco evidenciou que, ao fazer sua abertura de capital no final de 2021, optou pela dupla listagem, colocando ações na NYSE, bolsa de valores de Nova Iorque, paralelamente a disponibilização de BDRs Nível III no Brasil, estes que foram convertidos nesta semana em BDRs Nível I Não Patrocinados.

Os BDRs Nível I não patrocinados fazem parte da mesma categoria de BDRs de grandes empresas de tecnologia do mundo já negociados na Bolsa de Valores do Brasil, a B3.

“Na prática, isso significa que outra instituição financeira será depositária dos recibos (e não a própria empresa listada)”, disse a fintech, segundo o InfoMoney.

Depois que a descontinuidade do programa de BDRs Nível III for finalizada, através da realização dos procedimentos previstos, a empresa segue com a solicitação de cancelamento de registro de companhia aberta perante à CVM.

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.