Agências da CAIXA vão abrir mais cedo nesta sexta para AÇÃO ESPECIAL

Pontos-chave
  • Caixa promove ação especial para o Desenrola
  • Agências de todo Brasil abrirão mais cedo nesta sexta

A Caixa Econômica Federal decidiu promover uma ação especial nesta sexta, 21. Por conta disso, todas as agências do banco abrirão uma hora mais cedo. Veja os detalhes e entenda a razão desta ação especial.

Agências da CAIXA vão abrir mais cedo nesta sexta para AÇÃO ESPECIAL
Agências da CAIXA vão abrir mais cedo nesta sexta para AÇÃO ESPECIAL (Imagem FDR)

Esta ação especial tem o objetivo de atender a grande demanda causada pelo lançamento do Desenrola Brasil, novo programa do governo criado para ajudar as pessoas a renegociarem as dívidas.

Caixa promove ação especial voltada para o Desenrola 

A ação recebeu o nome de “Dia do Desenrola” e todas as agências do banco pelo país terão o período de atendimento ampliado.

O banco aderiu ao programa do governo e desde o começo da semana está oferecendo as condições especiais para renegociação.

“A CAIXA já baixou dos cadastros externos de restrição de crédito a dívida de até R$ 100,00 de 225 mil clientes. Nesta sexta-feira, faremos o Dia do Desenrola, uma mobilização dos empregados para atender a população de forma mais direcionada, inclusive com a presença de dirigentes do banco em unidades espalhadas pelo país”, disse Maria Rita Serrano, presidente da caixa ao IBahia.

Através desta ação, os clientes do banco poderão renegociar suas dívidas com até 90% de desconto. Podem participar pessoas jurídicas e físicas.

Cerca de 90% dos clientes do banco tem dívidas que podem ser pagas por até R$2 mil. As condições estão disponíveis de acordo com o perfil do contrato. 

No “Dia do Desenrola”, todos os 63 mil funcionários da Caixa vão participar da ação para viabilizar o serviço para as pessoas.

“A Caixa quer potencializar a renegociação de dívidas. A ação vai de encontro à linha dada pela Fazenda da importância de desnegativar a população brasileira para que as pessoas possam voltar a ter crédito e possam voltar a consumir”, disse à Folha Maria Rita Serrano.

Somente nos dois primeiros dias do Desenrola, a Caixa conseguiu renegociar 10 mil contratos de clientes inadimplentes. Segundo o banco, 90% dos contratos foram pagos já com descontos por valores inferiores a R$2 mil.

Condições especiais

O banco vai oferecer condições especiais para os interessados em renegociar as dividas. De acordo com a Caixa, mais de 13 milhões de clientes têm dívidas que podem ser negociadas.

Os interessados podem:

  • Entrar no site da Caixa;
  • Contatar o banco pelo WhatsApp no número 0800 104 0104;
  • Entrar em contato pelo telefone no 4004 0104 (Capitais e regiões metropolitanas) e 0800 104 0104 (Demais regiões);
  • Utilizar o App Caixa Tem (Opção Desenrola Brasil);
  • Usar os aplicativos Caixa
  • Ir até uma agência

Banco tem outro objetivo 

A Caixa, além de promover o Desenrola, deseja também divulgar sua campanha “Tudo Em Dia Caixa” nesta ação especial. É previsto pela instituição que 400 mil micro e pequenas empresas, além de pessoas físicas, podem ser beneficiadas por esta ação.

Entenda a primeira fase do Desenrola

Devedores que possuem renda entre dois salários mínimos a até R$ 20 mil poderão procurar as instituições financeiras para renegociar débitos, sem limite de valores. As negociações ficam isentas de pagamento de imposto sobre operações financeiras (IOF).

Desta forma, o programa começa atendendo as pessoas que se enquadram na Faixa II, tida como a primeira fase do Programa Emergencial de Renegociação de Dívidas de Pessoas Físicas.

Como forma de não incentivar que os brasileiros contraiam novas dívidas, o programa só aceitará dívidas inscritas até 31 de dezembro de 2022. De acordo com o Ministério da Fazenda, cerca de 30 milhões de pessoas serão ajudadas nesta primeira fase.

Para poder renegociar suas dívidas, os interessados devem ter conta bancária nos bancos que aderiram ao Desenrola. Bradesco, Itaú, Santander, Banco do Brasil e Caixa estão entre os bancos que aderiram ao programa.

Bancos participantes

Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú, Santander, Inter, PicPay, Mercado Pago e Nubank já confirmaram a participação no Desenrola.  

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.