NOVO ENSINO MÉDIO vai sair do papel? Entenda o que vem sendo debatido no Senado

Entidades estudantis e profissionais pediram pela revogação do Novo Ensino Médio que foi iniciado no ano passado. Análises, debates e consultas públicas têm sido realizadas pelo Governo Federal para avaliação das mudanças nessa etapa da educação.

NOVO ENSINO MÉDIO vai sair do papel? Entenda o que vem sendo debatido no Senado
NOVO ENSINO MÉDIO vai sair do papel? Entenda o que vem sendo debatido no Senado (Imagem: FDR)

A análise sobre o Novo Ensino Médio segue a todo o vapor, na última quarta-feira, 21 uma audiência pública foi feita na Comissão da Educação (CE). Inicialmente o que se pedia era a revogação das mudanças nessa etapa da educação básica, no entanto, isso pode não acontecer.

A implementação das mudanças na grade curricular e na oferta de disciplinas optativas foi iniciada no ano passado e será completa apenas em 2024.

O Nono Ensino Médio será cancelado?

Mesmo que alguns profissionais peçam pelo cancelamento das mudanças, o Novo Ensino Médio não deve ser cancelado.

Ao menos não para os representantes de escolas particulares, escolas públicas e do Ministério da Educação que participaram da audiência pública.

“Defendemos não a revogação do Novo Ensino Médio, mas sim a abertura de diálogo para aprimoramentos e ajustes”, afirmou a secretária-adjunta do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), Geniana Faria.

Os participantes têm pedido que essa etapa da educação seja aprimorada.

Por exemplo, com a qualificação adequada dos profissionais responsáveis pelos itinerários formativos.

“A formação de professores é o grande nó”, disse a vice-presidente da Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep), Amábile Pácios.

Além das audiências, consultas públicas também são realizadas e, segundo o Ministério da Educação mais de 38 mil pessoas já participaram.

No entanto, esse aprimoramento esbarra na necessidade de que a legislação seja alterada, afirmou a senadora Professora Dorinha Seabra (União-TO), foi ela quem solicitou a realização da audiência da última quarta-feira.

“Não temos condições de fazer alterações sem mudança na legislação. Isso significa caminhar na Câmara e no Senado. Não podemos esperar dois anos, três anos por essas alterações”, alertou a senadora.

Vale lembrar que a implantação do Novo Ensino Médio foi suspensa pelo ministro da educação, Camilo Santana.

Para saber mais sobre vagas de emprego, vestibulares e cursos, acompanhe a editoria de Carreiras do FDR.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Jamille NovaesJamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.