Salário mínimo ALTERADO! Lula assina o texto que garante aumento acima do esperado

Desde que iniciou o seu terceiro mandato como Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vem aplicando uma série de medidas que são focadas para uma grande parcela da população. Entre os novos ajustes, o valor do salário mínimo aparece como um dos principais. Veja agora qual será o novo valor.

Lula anuncia novo PAC que vai gerar milhões de empregos ainda em 2023
Salário mínimo ALTERADO! Lula assina o texto que garante aumento acima do esperado (Imagem: FDR)

O Presidente Lula vem aplicando diversas medidas que são benéficas, principalmente, à população que vive hoje em uma situação de vulnerabilidade econômica e social. Dentre as principais medidas, o que havia sido prometido entrará em ação a partir do dia 1º de maio, que é o aumento do salário mínimo.

Desta forma, o governo Lula segue a tendência apresentada logo no início do mandato, em janeiro, quando Lula havia aprovado um primeiro aumento no valor do salário mínimo, elevando o preço para R$1.302. Agora, após alguns meses deste aumento aplicado, o governo federal já prepara o segundo reajuste.

Desta vez, o valor do salário mínimo será ampliado para R$1.320, conseguindo, assim, elevar o poder de compra do povo brasileiro, buscando evitar que a população mais frágil seja extremamente afetada pelas taxas de inflação, que chegam à aumentar o preço dos itens mais básicos.

Entre os itens, aqueles que compõem a cesta básica são bastante sentidos pela população. Vale lembrar que o Brasil ainda encontra-se em uma situação grave quando o tópico é “alimentação”. Isto porque o país retornou ao Mapa da Fome em 2020, durante a pandemia. O governo Lula vem buscando mudar isto.

Além do salário mínimo, o que também foi alterado pelo Governo Lula?

Entre as medidas focadas para as famílias que vivem em situação de pobreza e extrema pobreza, o governo Lula fez o anúncio de um aumento no valor base do programa social, Bolsa Família. Agora, o benefício mínimo para as famílias será de R$600. Além disto, uma série de pagamentos extras também foi liberado.

As famílias que possuem filhos(as) entre 0 e 6 anos poderão receber, além dos R$600 base do programa, mais R$150 por filho(a); já no caso de possuir gestantes ou filhos(as) entre os 7 e 18 anos incompletos, a família está apta para o recebimento de um pagamento extra de R$50 por filho(a) ou gestante. 

Flávio Costa
Estudante de jornalismo, já atuou na área de assessoria política ao compor o time de comunicação da atual governadora do estado, durante sua campanha eleitoral. Anteriormente, cursou 2 anos no curso de relações internacionais, podendo ampliar sua visão no aspecto macro e micro do cenário nacional e internacional. Fluente em inglês, já atuou como professor de idiomas e também de matemática. Por fim, trabalhou ainda como analista de operações pelo grupo Amazon. Atualmente, dedica-se a universidade e ao portal FDR. Suas redes sociais são @flavioarcosta e [email protected].