IRPF 2023: O que fazer se sua declaracao cair na malha fina

Começou o prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda 2023 e os contribuintes precisam ficar muito atentos a todas as informações inseridas no documento. Dados informados de maneira errada podem levar a declaração a cair na malha fina. Saiba o que fazer caso sua declaração caia na malha.

Imposto de Renda 2023: veja quais despesas serão tributáveis e não tributáveis na sua declaração
IRPF 2023: O que fazer se sua declaracao cair na malha fina (Imagem: FDR)

Caso sua declaração caia na malha fina, não se desespere. Resolver essa situação é algo simples e rápido. Quanto mais rápido o contribuinte fizer a correção, menos consequências ele terá.

Como saber se minha declaração caiu na malha fina

Todo o processo de consulta e de correção acontece pela internet. Para conferir se sua declaração esta na malha fina é preciso acessar o portal da Receita Federal, clicando aqui. 

Ao fazer isso o contribuinte consulta para saber se sua declaração caiu na malha e também o motivo. Caso a declaração esteja na malha por conta de algum erro no preenchimento ou de informação, é possível fazer a declaração retificadora. Quando o caso foi solucionado, o contribuinte sai da malha fina.

Motivos que levam a declaração para a malha fina

Muitas vezes, a declaração foi parar na malha por um mero detalhe, como um erro no IR ou quando o contribuinte esquece de inserir algum dado. Também é comum erros no momento de declarar gastos médicos, que costumam ser dedutíveis. Independente do erro que tenha cometido, é possível arrumar.

A declaração cai na malha fina quando a receita faz o cruzamento de dados com diversas fontes como: empresas, trabalhadores, médicos, demais prestadores de serviço, etc, e detecta inconsistências. Um indicativo de que o contribuinte pode ter caído na malha fina é quando ele tem restituição a receber e acaba não recebendo.

O ideal é que o contribuinte confira o status da declaração logo após o envio para saber se está tudo certo. Fazendo isso, é possível corrigir o documento através do sistema, através de uma declaração retificadora.

Caso ainda não tenha sido notificado, é possível enviar a declaração retificadora ou enviar os documentos relativos ao erro. Estes documentos serão verificados por um auditor.

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.