Bolsa Família em abril: veja calendário, valores, regras, prazo de saque e mais

Pontos-chave
  • Os segurados do Bolsa Família recebem uma parcela fixa de R$ 600;
  • A Caixa Econômica inicia os depósitos do Bolsa Família em abril no dia 14, próxima sexta-feira;
  • O programa consiste na transferência direta de renda para famílias em situação de pobreza e extrema pobreza.

O Bolsa Família em abril já é bastante aguardado pelos beneficiários. A boa notícia é que, com a antecipação do calendário de pagamentos, a transferência de renda começa a ser paga ainda nesta semana. 

Bolsa Família em abril: veja calendário, valores, regras, prazo de saque e mais
Bolsa Família em abril: veja calendário, valores, regras, prazo de saque e mais. (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

A Caixa Econômica Federal (CEF) inicia os depósitos do Bolsa Família em abril no dia 14, próxima sexta-feira. Diante das mudanças no programa que resultaram em um novo lançamento, os beneficiários ainda têm algumas dúvidas acerca do calendário, valores, regras, prazo de saque e muito mais. 

Antes de mais nada, é importante compreender que o Bolsa Família em abril é um programa social criado pelo governo brasileiro em 2003, com o objetivo de combater a pobreza e a desigualdade social no país. 

O programa consiste na transferência direta de renda para famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, que recebem um valor mensal que varia de acordo com o número de membros da família e sua renda per capita.

O Bolsa Família em abril tem como principais objetivos reduzir a miséria e a fome, promover o acesso à educação e à saúde, estimular a inclusão produtiva e contribuir para o desenvolvimento das famílias beneficiárias. 

Além da transferência direta de renda, o Bolsa Família em abril também prevê ações complementares de educação, saúde, assistência social e inclusão produtiva, que visam contribuir para a melhoria das condições de vida das famílias beneficiárias e para sua autonomia e independência financeira.

Qual é o valor do Bolsa Família em abril?

Os segurados do Bolsa Família recebem uma parcela fixa de R$ 600. No entanto, têm a chance de aumentar a transferência de renda para até R$ 900. Isso porque, o Governo Federal implementou um benefício secundário no valor de R$ 150 destinado a até duas crianças de zero a seis anos de idade. 

O bônus de R$ 150 do Bolsa Família começou a ser liberado no calendário de pagamentos referente ao mês de março. Desta forma, as famílias beneficiárias que possuem crianças em sua composição podem receber parcelas de R$ 750 ou R$ 900. 

A partir de junho de 2023, o Bolsa Família ganhará um novo bônus, este de R$ 50 voltado a jovens de seis a 18 anos de idade. No geral, o segurado terá a chance de receber um benefício de até R$ 950. 

Quem tem direito ao Bolsa Família em abril?

Tem direito toda família com renda mensal de até R$ 218 por pessoa. Isso significa que a renda somada de todos os integrantes da família dividida pelo número de pessoas deve ser menor que R$ 218.

Considere o exemplo de uma mãe que cria sozinha três filhos pequenos. Trabalhando como diarista, ela ganha R$ 800 por mês. Como os filhos não trabalham, esses R$ 800 são a única renda da família.

Dividindo R$ 800 (renda total) por quatro (número de pessoas na família), o resultado é R$ 200. Como R$ 200 é menor que R$ 218, essa mãe e seus três filhos têm direito a receber o Bolsa Família.

GOVERNO VAI BLOQUEAR PAGAMENTOS DO BOLSA FAMÍLIA DE ABRIL E CIDADÃOS FICARÃO SEM RECEBER O VALOR

Quais são as regras do Bolsa Família em abril?

As famílias devem cumprir compromissos nas áreas de saúde e de educação. São elas:

Qual é o prazo de saque do Bolsa Família em abril?

Apesar da ansiedade de tantos brasileiros em fazer parte do Bolsa Família, nem todos os beneficiários atuais se preocupam em efetuar o saque do benefício. Para quem não sabe, o Governo Federal determina o prazo máximo de 90 dias para resgatar os valores, após este período o recurso volta aos cofres da União. 

Inclusive, a não realização do saque do Bolsa Família é um dos motivos que podem levar ao cancelamento do cadastro no programa. Pois, a partir do momento em que o beneficiário não se preocupa em resgatar o saldo dentro do período de três meses, o entendimento é de que não há a necessidade de receber este auxílio. 

Calendário do Bolsa Família em abril

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.
Sair da versão mobile