Banco Central atualiza nova taxa de juros Selic com impacto imediato no bolso dos brasileiros

Aconteceu nesta quinta, 22, uma nova reunião do Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central) em que foi decidido que a taxa básica de juros Selic permaneceria no patamar atual, ou seja, em 13,75%. A taxa se encontra neste patamar desde agosto do ano passado. Confira os detalhes.

Esta decisão ocorreu diante de tensões no sistema bancário mundial e em meio a criticas vindas do presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva e de ministros do governo em relação ao patamar atual da Selic.

O Copom emitiu uma nota logo depois da reunião onde disse que mesmo reoneração dos combustíveis tendo conseguido reduzir a incerteza dos resultados fiscais de curto prazo, certos  fatores de risco para o cenário inflacionário permanecem. 

Fatores de risco 

  • Durabilidade maior das pressões inflacionárias mundiais;
  • Dúvidas a respeito do arcabouço fiscal e de seus reflexos sobre as projeções para a trajetória da dívida pública;
  • Maior desancoragem, ou mais longa, das expectativas de inflação para prazos mais longos.

O comitê destaca ainda, segundo o g1, que no cenário internacional, “o ambiente se deteriorou” e os “bancos nos Estados Unidos e na Europa cresceram a incerteza e a volatilidade dos mercados e requerem monitoramento”.

Já no Brasil, a inflação ao consumidor “segue acima do intervalo compatível com o cumprimento da meta da inflação”, segundo o g1.

“Considerando a incerteza ao redor de seus cenários, o comitê segue vigilante, avaliando se a estratégia de manutenção da taxa básica de juros por período prolongado será capaz de assegurar a convergência da inflação”, disse o Copom, de acordo com o g1.

Por fim, o Copom disse ainda que os próximos movimentos da politica Monetária “poderão ser ajustados” e que “não hesitará em retomar o ciclo de ajuste caso o processo de desinflação não transcorra como esperado”.

Reunião do Copom para definir a Selic

O Comitê de Política Monetária do Banco Central se reúne a cada 45 dias para determinar o patamar da taxa básica de juros, Selic. A reunião desta semana foi a segunda que aconteceu no novo governo Lula.

Esta foi a quinta vez seguida que o Copom decidiu manter a taxa básica de juros em 13,75% ao ano, algo que já era esperado pelo mercado.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Paulo AmorimPaulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.