Aposentados do INSS sofrem GOLPE após solicitar revisão salarial

Em dezembro do último ano, aposentados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) receberam a notícia de que a revisão da vida toda foi aprovada. Na prática, o STF (Supremo Tribunal Federal) autorizou que quem está recebendo a aposentadoria por menos de dez anos possa solicitar um novo cálculo de valor de pagamento do salário. Diante disso, estão surgindo uma série de golpes.

Aposentados do INSS sofrem GOLPE após solicitar revisão salarial
Aposentados do INSS sofrem GOLPE após solicitar revisão salarial (Imagem: FDR)

A revisão da vida toda autoriza que aposentados do INSS solicitem por meio de uma ação judicial, que seja incluso no cálculo do valor da aposentadoria as contribuições feitas antes de julho de 1994. Posteriormente a esse período passou a ser usado no país o Plano Real, logo as contribuições que foram feitas com outra moeda passaram a ser desconsideradas.

Depois da decisão do STF, essas contribuições anteriores puderam ser inclusas no cálculo do valor da aposentadoria. Quem conseguir ganhar a causa que solicita a revisão da vida toda, vai receber o pagamento retroativo da diferença de valores entre a aposentadoria nova e a antiga.

Devido aos valores que podem ser recebidos, os aposentados do INSS têm recebido propostas fraudulentas que visam conseguir dinheiro do cidadão. É importante entender que essa medida de revisão é real e foi autorizada pelo STF, mas isso informações inverídicas são passadas para os segurados.

Golpe aplicado aos aposentados do INSS

O mais novo golpe que está sendo aplicado e tem como alvo os aposentados do INSS, é esquematizado para extorquir as vítimas. Sabendo da autorização da revisão da vida toda, e da necessidade de contar com a ajuda de um advogado para conseguir fazer o cálculo, os bandidos têm procurado as vítimas fingindo ser um escritório de advocacia.

Ao conseguir dados básicos como CPF, número do processo e até mesmo o nome do advogado do aposentado, dados que são públicos, os golpistas entram em contato com as vítimas. A partir disso, solicitam uma quantia em dinheiro com a mensagem de que esse valor é necessário para dar continuidade ao pedido de revisão da aposentadoria. 

Para evitar cair em golpes como esse, a recomendação aos aposentados do INSS é que procurem presencialmente um escritório de advocacia. Se o contato for telefônico, a orientação é buscar escritórios que sejam recomendados por conhecidos. E se o próprio escritório for o responsável pelo contato, não é permitido pedir nenhuma quantia como forma de antecipação da revisão.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Lila CunhaLila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com