O empréstimo do Auxílio Brasil continua em 2023? Entenda o destino do consignado

Desde outubro de 2022 foi oficialmente lançado o empréstimo do Auxílio Brasil. Na ocasião, o Ministério da Cidadania habilitou doze instituições bancárias para que oferecessem o produto, mas o maior e principal volume de pedidos aconteceu na Caixa Econômica Federal. O crédito consignado, no entanto, nunca agradou o agora presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) e passa por mudanças.

O empréstimo do Auxílio Brasil continua em 2023? Entenda o destino do consignado
O empréstimo do Auxílio Brasil continua em 2023? Entenda o destino do consignado (Imagem: FDR)

Desde que estivesse com o cadastro regular, qualquer pessoa poderia solicitar o empréstimo do Auxílio Brasil. Por se tratar de um consignado, em que o desconto das parcelas é feito diretamente no valor do benefício, até mesmo quem estivesse com CPF restrito poderia fazer o pedido e ser aprovado.

O produto foi um sucesso, em 10 dias a Caixa registrou 206 milhões de acessos interessados na solicitação do empréstimo consignado. Dados do Ministério da Cidadania mostraram que 16,5% das famílias beneficiadas pelo programa solicitaram o crédito financeiro. O valor liberado chegou a em média R$ 2,5 mil.

O cidadão poderia usar a quantia como quisesse, sendo que as parcelas de pagamento do empréstimo do Auxílio Brasil não poderia ultrapassar vinte e quatro meses e o valor de R$ 160. A margem consignável de 40% é aplicada ao valor original do benefício de R$ 400, e a taxa de juros ficou limitada a 3,5% ao mês.

O empréstimo do Auxílio Brasil vai continuar em 2023?

A Caixa Econômica suspendeu a liberação do empréstimo do Auxílio Brasil. O banco não informou quando deve voltar a conceder o crédito para os interessados, mas possivelmente isso demorará para acontecer. A presidente do banco, Rita Serrano, deu dois motivos para a suspensão do produto: a revisão de dados no Cadastro Único e a alta taxa de juros.

Serrano afirmou que não é possível liberar o produto até que o pente-fino seja aplicado e exclua as famílias que não têm mais direito ao benefício. E que uma reformulação na cobrança deve tornar o consignado mais vantajoso, já que a taxa de 3,5% ao mês fica bem acima da média para empréstimos nesse segmento.

Não é possível saber se haverá uma nova liberação por parte da Caixa e de outros bancos. Para quem já solicitou o empréstimo do Auxílio Brasil, o desconto no pagamento continua ativo estando limitado a R$ 160 todos os meses. O produto reduz a quantia repassada pelo benefício.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Lila CunhaLila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com