Descubra os detalhes do pente-fino do Bolsa Família que começa em breve

Tem sido anunciado pelo governo de Luís Inácio Lula da Silva (PT), por meio do ministério do Desenvolvimento Social, que haverá um pente-fino no Bolsa Família. Essa foi uma recomendação da equipe de transição que observou suspeitas de fraude no pagamento do Auxílio Brasil. Há denuncias de que o programa foi usado como “moeda de troca” durante as eleições de 2022.

Descubra os detalhes do pente-fino do Bolsa Família que começa em breve
Descubra os detalhes do pente-fino do Bolsa Família que começa em breve (Imagem: FDR)

Diante das denuncias e da suspeita de que existem famílias recebendo o Auxílio Brasil sem que preencham aos requisitos, foi anunciado o pente-fino. A ideia é que haja uma avaliação dos dados presentes no Cadastro Único (CadÚnico), excluindo os grupos irregulares e dando oportunidade de que novos beneficiados sejam inclusos ao Bolsa Família.

Foi o ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias, o responsável por anunciar essa averiguação de dados. Ele chegou a admitir que nesse processo podem ser excluídas famílias do programa, diminuindo o número de contemplados inicialmente. Nesse primeiro mês do ano, no entanto, não foi isso que se viu e o Auxílio Brasil aumentou em 300 mil o número de famílias beneficiadas.

Uma das razões para esse aumento é o fato de que o pente-fino no Bolsa Família ainda não começou. As expectativas são de que a filtragem aconteça mais intensamente em meados de fevereiro, e seja finalizada em março. Depois desse processo, deve ser liberado o adicional de R$ 150 para crianças de até seis anos.

Como vai funcionar o pente-fino do Bolsa Família

O governo federal tem passado algumas informações sobre o funcionamento do pente-fino no Bolsa Família. Inclusive, o ministro Wellington Dias não chamou esse processo de pente-fino dizendo não gostar desse termo, mas afirmou que haverá uma processo de averiguação cadastral.

Nesse sistema os dados da família compartilhados no CadÚnico serão analisados, bem como o cruzamento de dados com outras bases do governo federal. Também já foi anunciada a parceria com prefeituras municipais, em que haverá a busca ativa por famílias que necessitam comprovar as informações que foram compartilhadas com o poder público.

O foco dessa busca e do pente-fino serão para os seguintes grupos:

  • Famílias unipessoais, compostas por uma única pessoa, e que aumentaram consideravelmente nos últimos meses dentro do Auxílio Brasil;
  • Famílias que estão com os dados desatualizados há pelo menos dois anos.

O que fazer caso seja convocado para o pente-fino do Bolsa Família?

A família que for convocada para o pente-fino do Bolsa Família será orientada sobre como funcionará o processo de comprovação de dados. A convocação será feita principalmente para aqueles que têm suspeita de irregularidades em seu cadastro, e por isso deverão apresentar documentos que comprovem as informações já apresentadas.

Ao serem notificadas sobre essa convocação, o representante da família deve:

  • Comparecer ao CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) ou unidades de assistência social orientadas pela prefeitura;
  • Levar documentos que comprovem as informações apresentadas, ex.: documento de identificação, comprovante de renda, e outros;
  • Atualizar os dados na escola em que as crianças e adolescentes estão matriculadas;
  • Atualizar a caderneta de vacinação das crianças e adolescentes.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Lila CunhaLila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com